Celso Portiolli conta que procurou psiquiatra em fase longe da TV: "Estava terrível"

·1 minuto de leitura
O apresentador Celso Portiolli. Foto: reprodução/Instagram/celsoportiolli
O apresentador Celso Portiolli. Foto: reprodução/Instagram/celsoportiolli

Resumo da notícia

  • Celso Portiolli procurou tratamento psiquiátrico durante período afastado da TV

  • Apresentador contou que sentia tristeza profunda e suspeitou de depressão

  • Fase ruim passou após viagem em que ele refletiu sobre seu momento profissional

Celso Portiolli enfrentou uma fase difícil durante o período em que esteve "na geladeira". O apresentador do SBT contou que suspeitou de depressão e procurou tratamento psiquiátrico para lidar com a tristeza por causa do afastamento involuntário da TV.

"Lembro uma época em que fiquei sem programa de TV, fiquei mais de um ano fora do ar. Comecei a ficar triste. Cheguei pra minha mulher e falei: 'Tô sentindo um troço estranho aí, não tô bom não'. Triste, sem previsão, achando que ia parar de fazer televisão", relatou o comunicador, no no "OtaLab", do UOL, exibido na última quinta-feira (13).

Leia também:

O hiato mexeu tanto com Portiolli que ele resolveu investir em outra profissão, já que estava sem esperança de voltar. "Comecei a treinar locução off durante seis meses, porque a minha ideia era entrar numa outra televisão, como locutor e crescer lá dentro de novo. Eu estava numa situação terrível. Falei: 'Será que é depressão? Fui procurar ajuda'. Fui a um psiquiatra", disse.

Além de contar com a ajuda do profissional, que prescreveu remédios indicados para o seu caso, o apresentador resolveu viajar por um mês e aproveitou para curtir um passatempo: esquiar.

"Fiquei 30 dias pensando na vida. Quando voltei, falei: 'Doutor, eu não sofrer mais pelo que as pessoas fazem comigo, vou sofrer quando eu errar'. Ele falou: 'Beleza, tá de alta'. Tirou o remédio e, a partir daquele momento, nunca mais fiquei triste, mal", contou.

Segundo Portiolli, depois disso, ele também teve a sorte de engatar outros projetos no SBT, onde permanece até hoje.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos