Celine Dion revela que tem distúrbio neurológico raro e adia shows

Celine Dion

Por Danielle Broadway

(Reuters) - A cantora canadense Celine Dion disse que foi diagnosticada com um distúrbio neurológico raro chamado Síndrome da Pessoa Rígida, que causa espasmos musculares e a levou a adiar alguns shows na Europa.

A cantora de 54 anos postou um vídeo no Instagram na quinta-feira revelando o diagnóstico e explicando que sua "Courage World Tour" foi remarcada do segundo trimestre de 2023 para o mesmo período em 2024.

A Síndrome da Pessoa Rígida causa rigidez muscular e aumento da sensibilidade ao som, toque e estímulos emocionais que podem catalisar espasmos musculares.

"Enquanto ainda estamos aprendendo sobre essa condição rara, agora sabemos que é isso que está causando todos os espasmos que tenho tido", disse ela. "Infelizmente, esses espasmos afetam todos os aspectos da minha vida diária, às vezes causando dificuldades ao caminhar e não me permitindo usar minhas cordas vocais para cantar como estou acostumada."

A cantora de "My Heart Will Go On" disse que, embora sinta falta de seus fãs, sua saúde é seu foco agora.

"Estou trabalhando duro com meu terapeuta de medicina esportiva todos os dias para recuperar minha força e minha capacidade de desempenho novamente", disse ela. "Mas tenho que admitir que tem sido uma luta."

(Reportagem de Danielle Broadway)