Cassandra Peterson, a Elvira de 'Rainha das Trevas', conta namorar outra mulher

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Atriz conhecida pelo papel de Elvira em "Rainha das Trevas", a atriz americana Cassandra Peterson, 70, revelou em sua autobiografia lançada nesta semana que tem um relacionamento com outra mulher há 19 anos.

De acordo com a revista Advocate, ambas se conheceram dentro de uma academia em Hollywood, mas, a princípio, a atriz pensou que Teresa Wierson fosse um homem.

"Muitas vezes, quando eu estava fazendo meu aquecimento na esteira, não podia deixar de notar um treinador em particular -bronzeado, tatuado e musculoso- andando pelo ginásio. Sombrio e meio quieto, ele exalava uma energia tão intensa que quando cruzou o enorme piso do ginásio, as águas se abriram", diz ela em trecho.

Ao ir ao banheiro, Cassandra percebeu que se tratava de uma mulher e ambas começaram a conversar. O início de uma relação de amizade se deu rápido a ponto de as duas começarem a morar juntas.

Porém, um certo dia, ela diz, a vontade de ter algo a mais pela amiga começou a se aflorar a ponto de ambas se entregarem ao romance.

"O que diabos eu estava fazendo? Nunca estive interessada em mulheres para além de amizade. Eu me senti tão confusa. Isso simplesmente não era eu. Fiquei surpresa por ser amiga dela por tantos anos e nunca ter percebido nossa química", disse.

"Logo descobri que nos conectamos sexualmente de uma forma que nunca havia experimentado", revelou. Dessa forma, ambas passaram a viver como um casal. Cassandra revela que nunca abriu a relação para "proteger a marca Elvira".

"Meus fãs me odiariam por não ser o que eles esperavam que eu fosse?" questiona a atriz no livro antes de responder. "Estou muito ciente de que haverá alguns que ficarão desapontados e talvez até com raiva, mas eu tenho que viver comigo mesma."

Em outro trecho do livro, Cassandra diz que "pela primeira vez na minha vida estou com alguém que me faz sentir segura, abençoada e verdadeiramente amada".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos