Carta ao Papai Noel: O que eu quero para o MMA em 2020

Nurmagomedov x Ferguson: agora vai? (Juan Cardenas/Zuffa LLC/Getty Images)

Querido Papai Noel,

Eu sei, faz tempo que não te escrevo uma carta. Sabe como é, correria da vida, a gente cresce e se esquece de algumas coisas. Mas ainda estou aqui, meu bom velhinho.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM
SIGA O YAHOO ESPORTES NO FLIPBOARD

Outro ano está chegando ao fim, o desfecho de uma década que foi bem bacana — mas que também teve seus momentos difíceis, né? Decidi te escrever com alguns pedidos… Juro que fui um bom rapaz esse ano, então pensa com carinho nos presentes que vou pedir para o próximo ano, tá bem?

Leia também:

O primeiro deles é ouro. Mas não é qualquer ouro, não, como aqueles que a menininha da novela pedia antes de falar Insha’Allah. O ouro que eu quero é em forma de cinturão, mesmo.

Imagino que o senhor esteja sempre bastante ocupado com os presentes de tantas crianças, não sei se teve tempo de acompanhar, mas o Brasil andou meio mal das pernas no UFC. Os últimos anos foram bem difíceis, perdemos bastante, e só temos a Amanda Nunes como campeã (ela também se comportou bem esse ano, fica de olho nela pra gente, por favor).

Será que você consegue alguns cinturões no próximo ano? Um ou dois, já ajudaria bastante. Não quero abusar e pedir demais, mas fica à vontade também. Deiveson Figueiredo vai lutar pelo título dos moscas no dia 29 fevereiro, e ele foi um bom rapaz. Paulo Borrachinha é meio desbocado às vezes, né, mas ele trabalha duro… Consegue descolar um pra ele também?

Outro presente que eu queria muito, Papai Noel, era finalmente conseguir assistir Khabib Nurmagomedov x Tony Ferguson. Tem muita gente aguardando esse presente há tanto, tanto tempo, mas parece que o Grinch sempre arrumava um jeito de atrapalhar. É lesão pra cá, lesão pra lá, um tiramisu que caiu mal na sobremesa…

O UFC prometeu que vai tentar de novo, depois de prometer que nunca tentaria de novo, e aqui estamos nós, acreditando de novo, esperando de novo. Dessa vez marcaram para o dia 18 de abril. Dá uma forcinha nessa, vai? Se tiver sobrado algum plástico bolha nesse Natal, pode enrolar os dois para que nada aconteça até lá.

Você é Papai Noel, e não um gênio azul que saiu de uma lâmpada, mas tenho um terceiro pedido. Tá, eu sei, fiquei anos sem escrever uma cartinha e agora chego com tanta coisa? Mas a gente cresce e acaba ficando um pouco folgado, né? Por favor, convence o Scott Coker e o Nobuyuki Sakakibara e fazer uns eventos de MMA no Brasil.

Coker, caso você não saiba, é o presidente do Bellator. Tem bastante brasileiro lutando por lá, alguns são até campeões, mas ele nunca fez um evento por aqui. Imagina só, Papai Noel, se rolasse um Bellator no Brasil com Cris Cyborg, Douglas Lima, Lyoto Machida, Neiman Gracie, Dudu Dantas e a galera da Pitbull Brothers…

O Sakakibara mora mais longe, lá no Japão, e passou um tempão sumido. Hoje ele é o chefe do Rizin, que faz uns eventos bem loucos. Sabe o que é, ele veio ao Brasil há muitos, muitos anos, quando ainda era dono do Pride, e nos encheu de esperanças ao falar que sonhava fazer um evento no Maracanã, mas foi embora e não voltou mais. Tá, sei que é difícil fazer no Maracanã, mas que tal no Maracanãzinho?

Bom, é isso. Sei que foram muitos pedidos, mas pensa com carinho, por favor.

Um Feliz Natal pra você, pra Mamãe Noel e o Rudolph!

Siga o Yahoo Esportes

Twitter |Flipboard |Facebook |Spotify |iTunes |Playerhunter