Carolina Dieckmann fala sobre fim do casamento com Marcos Frota: 'Sofri muito'

Redação Vida e Estilo
Carolina Dieckmann foi casada com Marcos Frota por 7 anos e os dois são pais de Davi (Reprodução/ Instagram/ @loracarola)
Carolina Dieckmann foi casada com Marcos Frota por 7 anos e os dois são pais de Davi (Reprodução/ Instagram/ @loracarola)

Atualmente casada com Tiago Worcman, e morando nos Estados Unidos para acompanhar o marido, Carolina Dieckmann relembrou o fim de sua relação com o ator Marcos Frota, pai de seu filho mais velho, Davi. Durante um bate-papo com a amiga Julia Faria em seu canal do YouTube, a atriz contou que foi muito difícil colocar um ponto final na relação. “Sofri muito, foi a maior dor do mundo. Parece que não acaba, porque o fim de uma coisa que você achava que era eterno é um castelo ruindo na sua frente. Você diz: ‘Não é possível, será que não tem nada que eu possa fazer para reerguer esse castelo?’ Mas não depende só de você ou às vezes você não tem força para se reerguer”, contou ela.

Sobre o atual casamento, a atriz revelou que procura cuidar de relacionamento no dia a dia. “Casamento é como aquela planta que você precisa cuidar todo dia, tem a tolerância, companheirismo, admiração, a maneira de olhar pra pessoa, a maneira como você nota que está errando e como você se coloca, se desculpa e se permite. Eu não acredito muito em um casamento duradouro que não tenha uma energia investida. Você precisa escolher todo dia, e eu escolho o Tiago todo dia. Eu acordo, abro o olho, vejo o Tiago e digo: ‘Eu quero estar aqui’. Quero dar o meu máximo, quero construir tijolinho por tijolinho“, explicou Carolina Dieckmann.

Leia mais:
Luana Piovani se irrita com pergunta de fã sobre caso extraconjugal: ‘Acorda, filha!’
Geisy Arruda é barrada em aeroporto e tem bacalhau apreendido

A atriz também falou sobre a maternidade e sobre como o nascimento de seu segundo filho, José, lhe tornou uma mãe mais madura. “A Carolina mãe do Davi aprendeu tudo com o Davi. Eu não sabia nada. Lembro da minha mãe falando de comprar as coisas do enxoval, e eu não fiz, fui para a maternidade e a madrinha do Davi fez uma mala para levar para o hospital. Eu só queria pegar a criança e levar para a casa. Eu não sabia mesmo e não tava muito querendo saber. Queria ter meu filho, botar no meu peito e ficar olhando para ele. Davi tem essa mãe louca de amor. Quando ele nasceu, fiquei dias sem dormir. Só dormi depois que o médico colocou um remédio na minha boca. Fui uma mãe muito passional, vivendo intensamente. O José já tem uma mãe que aprendeu um monte de coisa, que não fez 300 álbuns de foto”, revelou Carolina Dieckmann.