Carne Doce explora sonoridade dub e reggae em remix de “A Caçada”

Guilherme Araujo
·1 minuto de leitura
O quarto álbum da carreira,
Fotos: Divulgação

O Carne Doce lança nesta sexta-feira (29) um remix da faixa “A Caçada”, extraída do LP “Interior” (Independente). Inspirada, livremente, no conto de mesmo nome de Lygia Fagundes Telles, o projeto volta seu foco para referências extraídas de gêneros como o dub e o reggae.

Ao potencializar esse interesse por meio de uma parceria com o renomado produtor norte-americano Victor Rice, a faixa ganha agora modulações e beats que flertam com experimentações e devaneios. Torna-se mais solar e propensa ao sensorial do que a versão original.

Em uma escuta atenta, de olhos fechados, tudo parece um delírio sonoro provocado pelo calor atroz do Cerrado.

O novo álbum

Mergulhados na própria intimidade e pautados por questões profundas como o caroço de um pequi, tradicional fruto goiano símbolo desta nova fase, o quinteto formado por Aderson Maia (baixo), Fred Valle (bateria e percussões), João Victor (guitarra, sintetizador e programações), Macloys Aquino (guitarra e voz) e Salma Jô (letras e voz) entrega um trabalho que, apesar de ser essencialmente rock, bebe nas fontes do pop, do samba e do trap.

Ouça “Interior” nas plataformas digitais.

Spotify | Deezer | Apple Music