Carlinhos Maia tem R$ 2,5 milhões em joias recuperadas após assalto milionário

Carlinhos Maia em entrevista sobre roubo de quase R$ 5 milhões em sua residência (Foto: Reprodução/Globo)
Carlinhos Maia em entrevista sobre roubo de quase R$ 5 milhões em sua residência (Foto: Reprodução/Globo)

As joias e os relógios roubados do apartamento de Carlinhos Maia, em Alagoas, em maio, deste ano foram encontrados. Em seu Instagram, o influenciador comemorou ter recuperado parte dos bens roubados. De acordo com o Notícias da TV, R$ 2,5 milhões em joias voltaram para o famoso.

"Deus é muito bom o tempo todo! E a justiça divina não falha. O que é nosso por direito volta. Obrigado à polícia, que simplesmente foi impecável do início ao fim. Estou orgulhoso do meu Estado! Obrigado a todos", escreveu ele na rede social. Os suspeitos foram presos em junho, mas dias depois uma das pessoas foi liberada.

Bandidos já eram conhecidos da polícia

Após a entrevista coletiva dada pelos policiais civis, Carlinhos se pronunciou sobre o assunto: "Pra mim é o fim dessa história". Ele ainda revelou que os bandidos já eram conhecidos da Justiça. "É uma quadrilha que já tinha sido presa outra vez em outro condomínio de luxo pelo mesmo motivo", revelou. Por conta da invasão, o porteiro do prédio foi afastado.

No dia 28 de maio, o apartamento de Carlinhos Maia foi furtado. O imóvel, localizado em um edifício de alto padrão no bairro de Cruz das Almas, em Maceió, ocupa um andar inteiro e está entre os mais luxuosos da cidade. Cerca de R$ 5 milhões foram levados, entre joias, relógios, dinheiro em espécie e até mesmo um cofre.

Carlinhos Maia fez um apelo na época do roubo

O influenciador digital chegou a fazer um apelo para que seus pertences fossem devolvidos. No dia do roubo, o humorista se preparava para se submeter a uma cirurgia plástica no dia seguinte em Aracaju, Sergipe.

"Estou devastado. Não tive dinheiro a minha vida inteira e nunca precisei fazer isso. Não sei o que dizer. Devastado. Meu lar. Levaram relógios (inclusive o último, que acabei de comprar), levaram meu cofre com minhas joias. [...] Ao secretário de segurança do meu estado, governador, prefeito, polícia e cidadãos honrados. Não pelos bens, mas por ter meu lar invadido, me ajudem", pediu, na ocasião do roubo, o marido de Lucas Guimarães, que estava no México no dia do roubo.