Carlinhos Maia se explica após governo negar convite para vacina: "Querem me descredibilizar"

·2 min de leitura

Carlinhos Maia se envolveu em mais uma polêmica em relação à pandemia nesta segunda-feira (18), quando divulgou que foi convidado pelo prefeito de Maceió, João Henrique Caldas (PSB), para ser um dos primeiros alagoanos vacinados contra a Covid-19 no Brasil.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

O influenciador rapidamente apagou os vídeos, e a Secretaria de Estado da Comunicação do Alagoas negou o convite, reforçando que as 71 mil doses da vacina que começaram a ser aplicadas nesta terça-feira (19) no estado são destinada exclusivamente ao grupo prioritário definido pelo Ministério da Saúde, composto por profissionais de saúde da linha de frente da Covid-19, indígenas e idosos.

Quando foi comunicado da nota do estado do Alagoas negando qualquer tipo de convite, Carlinhos Maia voltou a dizer que recebeu a proposta diretamente de João Henrique Caldas, mas que declinou.

“Aconteceu essa conversa, sim. Foi inclusive da prefeitura e na melhor intenção do mundo. Não é de agora que essas mesmas pessoas pegam coisas que eu falo para me descredibilizar. Principalmente, políticos. Ele conversou comigo e disse: 'Pelo número de pessoas que te seguem, seria interessante se você tomasse a vacina, se fosse um dos primeiros a tomar para poder filmar'. Eu deixei claro que não tomaria essa vacina, só filmaria os idosos para incentivar a vacinação”, garantiu.

Leia também

Em seguida, Carlinhos afirmou que sabe que seria chamado de hipócrita caso aceitasse, já que fez inúmeras festas durante a pandemia mesmo sabendo dos perigos das aglomerações. “Eu sabia que se eu estivesse lá filmando as pessoas tomando vacina e incentivando as pessoas, eu quis me precaver de as pessoas falarem: Que hipocrisia. Aglomera, mas está aí'. Então foi isso”.

O Ministério Público do Alagoas (MP-AL) emitiu nota informando que vai instaurar um procedimento para apurar o caso, feito pela 67ª Promotoria de Justiça da Saúde.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos