Carlinhos Brown interrompe 'fora, Bolsonaro' em show e fãs lembram Elba Ramalho

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, 05-04-2019: Carlinhos Brown durante show da banda Tribalistas, no primeiro dia do festival Lollapalooza, no autódromo de Interlagos. (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, 05-04-2019: Carlinhos Brown durante show da banda Tribalistas, no primeiro dia do festival Lollapalooza, no autódromo de Interlagos. (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Na manhã deste sábado, o cantor Carlinhos Brown foi um dos assuntos mais comentados no Twitter depois da repercussão de vídeos em que ele interrompe, durante um show no Brasil, uma manifestação da plateia contra o presidente Jair Bolsonaro, do PL.

Após os fãs iniciarem um coro de "fora, Bolsonaro", o artista disse "desculpe, eu sou o Brasil que deu certo, eu não me meto nisso". "Não quero nem saber dessa gente. Não quero me meter nesse assunto. Vamos fazer a construção desse país. A gente está aqui para mudar e vamos mudar sem política", seguiu.

Na imagem, algumas pessoas respondem ao cantor afirmando que querem tratar do tema. A atitude de Brown foi criticada nas redes sociais por fãs que o apontaram como "uma variante do bolsonarismo".

O artista foi comparado a Elba Ramalho, que também interrompeu gritos de "fora, Bolsonaro" vindos do público durante um apresentação feita em Salvador, em junho deste ano. "Não, não quero fazer política, desculpa. Isso aqui é um show de São João, não é um comício", ela afirmou.

Na ocasião, a plateia continuou e acrescentou gritos a favor de Lula, que é pré-candidato do PT à Presidência. A cantora parou o show até que as manifestações cessassem. "Como a gente vive em um país democrático, tem que deixar se manifestar. Cada um tem o presidente que merece, isso é um fato", disse ela.

Os internautas também compararam Brown a artistas próximos dele, como Marisa Monte --juntos, eles integravam os Tribalistas com Arnaldo Antunes.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos