Carla Diaz é a mais votada e vai para Quarto Secreto no BBB 21

·2 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Carla Diaz foi eliminada, na noite desta terça-feira (9), no Paredão falso do BBB 21. A atriz teve 62,4% dos votos. Ela deixou a casa chorando. João Luiz teve 28,07% votos, seguido por Caio (8,25%) e Arthur (1,28%) -ao todo foram 62.655.999 votos. Tiago Liefert anunciou o resultado do falso Paredão e a reação na casa foi de surpresa. Camilla de Lucas e Arthur, com quem ela tem um relacionamento de altos e baixos no reality, choraram muito. "Quero dizer que eu amei estar com vocês. Foi a maior experiência da minha vida. Desculpa se eu magoei, desculpa a minha sinceridade", disse a atriz ao se despedir da casa. Ao chegar no Quarto Secreto, Diaz estava muito emocionada e ajoelhou para agradecer a permanência no confinamento da Globo. Ela ressaltou ainda que Camilla de Lucas era sensitiva, porque a influenciadora havia dito que este poderia ser um Paredão falso. "Obrigada", gritava Carla. Tiago Leifert explicou a dinâmica do quarto para a atriz, dizendo que o áudio não fica o tempo inteiro disponível e o que vai acontecer é de responsabilidade dela. "Quando você quiser, você vai pegar o card, colocar naquele acrílico e aperta o botão vermelho. Com isso, vamos liberar o áudio por você por duas horas. Tem seis cards para você usar, com duas horas cada um. Pensa muito bem como você vai usar esses cards." Ao ficar sozinha, Carla Diaz ainda estava anestesiada por não ter sido eliminada e animada para começar a monitorar as falas dos participantes. "Eu já posso começar produção? Porque agora eu vou voltar com tudo." Um dos primeiros comentários da atriz foi ver como alguns participantes se reuniram em torno de Arthur para repercutir com ele a saída dela. Na avaliação dela, o namoro estava isolado pelos participantes da casa antes do resultado do Paredão. Neste Paredão Falso todos os confinados indicados vão receber poderes para serem usados no jogo. Carla Diaz, além ir para o Quarto Secreto, ela poderá vetar a escolha do Anjo, o que acaba afetando a escolha do Castigo do Monstro. O poder poderá ser usado em até duas semanas. João Luiz e Caio Afiune garantiram a vaga na Prova do Líder na próxima quinta (11). Arthur, que ficou em quarto lugar, vai ter o seu voto com peso dois, com prazo de duas semanas.