Carioca, Porchat e Duvivier trocam farpas no Twitter em discussão sobre violência no Rio

Carioca, Fabio Porchat e Gregorio Duvivier. Fotos: reprodução/Instagram/@carioca e @fabioporchat e divulgação/HBO

A violência no Rio de Janeiro virou motivo de discussão entre os humoristas Marvio Lucio, o Carioca, Fabio Porchat e Gregorio Duvivier. O trio trocou farpas no Twitter após um comentário a respeito da morte da menina Agatha Félix, que levou um tiro nas costas na sexta-feira (20) durante uma ação policial no Complexo do Alemão.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

A discordância começou com a crítica de Carioca contra a chamada “lacração” nas redes sociais de pessoas que, segunda ele, seriam usuárias de drogas e que se manifestaram contra a violência.

Leia também:

“Só de olho na lacração fazendo campanha contra a violência no Rio. Desculpa, mas tem muitos ali que todos sabem que gostam muito da farinha e da erva, alimentam o mecanismo e querem bancar a paz? Hipócritas! É o poste mijando no cachorro”, escreveu.

Em resposta, Fabio Porchat propôs uma outra discussão sobre o tema, questionando a atual eficácia do Estado contra o tráfico.

“Vamos discutir a descriminalização então? Vamos discutir política pública? O que você sugere? Guerra as drogas? Não tem funcionado. Não sei se você chegou a ver que mataram uma menina de 8 anos. Mas a culpa é da lacração mesmo”, questionou o apresentador.

Carioca, no entanto, não quis entrar no debate e revidou. “Pô, Fabio Porchat, nunca fui na sua timeline, colocar o povo contra você, nunca! Respeito a sua opinião, tipo ‘peido de vaca e camada de ozônio’ não fui querer tirar uma lasca. Você precisa se unir mais aos seus colegas da comédia, e não aparecer somente para ‘lacrar’”, afirmou.

Duvivier também discordou da opinião de Carioca e criticou: “Claro! A culpa [é] da maconha. Pqp. Gênio.”

Dirigindo-se a uma seguidora, Carioca tentou justificar sua postura dizendo que a tragédia estaria sendo “politizada”. "Claro que fiquei chateado, e muito, com a morte da menina. Postei a minha indignação aos usuários famosos de plantão, postando 'Luto Pelo Rio' a mando de partido. Isso me indignou mais ainda. Triste politizarem uma tragédia", escreveu.