Cardi B recebe indenização de R$ 6,5 milhões em processo contra vlogger

·1 min de leitura
Cardi B credit:Bang Showbiz
Cardi B credit:Bang Showbiz

Cardi B recebeu uma indenização de U$ 1,25 milhões (R$ 6,5 milhões, em conversão atual) em seu processo contra a vlogger Latasha Kebe.

A rapper processou a youtuber, que é mais conhecida no mundo virtual como Tasha K, por difamação após a vlogger alegar que Cardi "usava drogas, tinha doenças sexualmente transmissíveis e já havia trabalhado como profissional do sexo".

De acordo com relatos do portal de notícias 'TMZ', Tasha foi condenada a pagar U$ 1,25 milhão em danos morais e U$ 250 mil para cobrir as despesas médicas da cantora, que afirmou ter tido pensamentos suicidas depois dos ataques virtuais da influencer.

Após a decisão judicial, Cardi escreveu em seu Twitter: "Por que estou feliz e triste ao mesmo tempo?"

Posteriormente, a musa recorreu ao Instagram para postar uma foto de sua falecida avó. Na legenda, Cardi descreveu a matriarca da família como "rainha" e explicando para os seguidores que a avó havia sido seu porto seguro durante a batalha judicial.

"Minha rainha, obrigada por ouvir minhas orações... só você sabe quantas noites em que chorei me sentindo sem esperança e exausta, mesmo quando eu parecia ter o mundo em minhas mãos", escreveu a artista.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos