Cardi B rebate MC Dricka após ser acusada de receber grana para interagir com brasileiros

·2 min de leitura
Cardi B e MC Dricka tiveram um mal entendido (Foto: Reprodução/Instagram)
Cardi B e MC Dricka tiveram um mal entendido (Foto: Reprodução/Instagram)

MC Dricka tá podendo! A funkeira causou uma treta internacional nesta quarta-feira (30), após dizer em um podcast que admira Cardi B e gostaria de ser notada por ela, mas não pagaria por isso. A rapper, que já gravou com Anitta e Ludmilla, não gostou da insinuação. 

Com a ajuda de um tradutor, a artista escreveu uma mensagem em português para rebater o comentário de Dricka. Na postagem, ela garante que ama funk e não interage com brasileiros em troca de dinheiro. "Não é verdade", iniciou ela, que prosseguiu afirmando que se encantou pela música 'Onda Diferente' e depois disso passou a consumir o estilo musical.

Leia também:

Na mensagem, Cardi B citou MC Kevin O Chris e Bonde das Maravilhas como referências. Ela diz que é apaixonada pela dança e contaminada pelo ritmo. "Amo tanto a música deles. Não sei muito sobre funk e seus artistas, não falo português, mas adoro como faz meu corpo e espírito sentirem-se. A música é incrível, você pode não entender as palavras, o ritmo domina sua alma. Eu amo funk", publicou.

Após a resposta de Cardi B, MC Dricka usou o Twitter para dizer que foi mal interpretada. Alguns chegaram a dizer que ela estava desmerecendo sua música quando falou que precisaria pagar para ser notada. "Não desmereci meu funk! Pois com ele fui pra Times, me expressei de uma forma que muitos não entenderam! Se não acontecem com todos $$ da hora! Mas comigo aconteceu, obrigada de nada", escreveu.

Ludmilla também usou as redes sociais para comentar a polêmica. "É por isso que amo a Cardi, não deixa passar nada", escreveu ela, que aproveitou para deixar claro que não tem nada contra Dricka. "Antes que isso vire uma bola de neve, porque eu já tô vendo uns querendo botar mulher preta pra se estranharem, eu fiquei feliz pela Cardi ter citado 'Onda Diferente' como um dos primeiros funks que ela ouviu, uma das maiores do mundo ama o funk do Brasil. isso é motivo pra comemorar, só quem canta funk sabe o quanto o nosso som é marginalizado e rebaixado, então não venham distorcer as coisas", completou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos