Pabllo Vittar tem contas bancárias bloqueadas e reclama de cobertura da mídia

PORTO, PORTUGAL - 2022/06/11: Brazilian drag queen and singer, Phabullo Rodrigues da Silva known professionally as Pabllo Vittar, performs at the Super Bock stage during the 2022 NOS Primavera Sound in Porto. (Photo by Diogo Baptista/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
Pabllo Vittar teve as contas bloqueadas pela Jusiça (Photo by Diogo Baptista/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)

Resumo da Notícia:

  • Pabllo Vittar teve as contas bancárias e de investimento bloqueadas

  • A Justiça de Brasília quis garantir o pagamento de uma dívida de R$142 mil

  • A dívida é proveniente de um processo sobre um imóvel que tramita desde 2018

Pabllo Vittar ganhou as redes sociais nesta quinta-feira (15) ao ser noticiado que ela teve suas contas bancárias bloqueadas pela Justiça. A cantora está viajando pelo mundo com a “I am Tour” e participou do show de Rita Ora no Rock in Rio 2022.

Segundo informações publicadas pelo colunista Ancelmo Gois, de O Globo, a decisão do bloqueio das contas da artista foi decidida pela 11ª Vara Cível de Brasília em um processo que tramita desde 2018. Ela ordena o cumprimento de uma divida decorrente da compra de um imóvel em Uberlândia (MG), terra da cantora.

Para garantir o pagamento de R$ 142.389,07, o juiz Ernane Fidelis Filho bloqueou contas bancárias e fundos de investimentos que constavam no CPF da artista. Segundo informações do colunista, o valor consta nas entidades bancárias questionadas.

A assessoria de imprensa de Pabllo alegou em juízo, há alguns dias, que ela nunca havia sido citada no processo. Ou seja, sua equipe jurídica não teria sido notificada sobre a ação nos últimos cinco anos.

“Tendo tomado ciência dessa demanda somente quando houve o bloqueio judicial de sua conta corrente. Assim que tomou ciência da situação, a sua equipe jurídica tomou as devidas providencias e espera reverter essa decisão em breve, uma vez que houve completo cerceamento do direito ao devido processo legal, ampla defesa e contraditório. Trata-se de grande equívoco que espera [que] seja revertido pela Justiça”, afirma o comunicado.

Nas redes sociais, a cantora reclamou sobre a exposição que a notícia causou. “Que engraçado. Quando sai alguma notícia ruim sobre mim, todos os portais de fofoca desse país soltam alguma nota falando e comentando. [Quando] lanço algum trabalho: silêncio total!”, apontou.

A artista ainda recriminou o que move o interesse do público leitor nos dias atuais: “Vocês gostam é da desgraça alheia, vocês são nojentos! Sobre o caso, filhas, meus advogados estão resolvendo”, comentou sobre o bloqueio de suas contas.