Cantora e influenciadora Aline Borel é encontrada morta com marcas de tiros no Rio de Janeiro

A cantora e influenciadora digital Aline Borel, de 28 anos, foi encontrada morta a tiros em Araruama, região dos Lagos do Rio de Janeiro. Em nota oficial, a Polícia Civil afirmou que foi realizada perícia no local, constatando duas perfurações por arma de fogo.

Aline começou sua carreira em 2018 nas redes sociais postando covers de músicas de artistas famosos, e bombou com o hit "É Cansativa a Vida Do Crente', um funk gospel. O rosto de Aline e os melhores momentos de seus vídeos viraram meme, figurinhas de Whatsapp e ganharam inúmeras versões. Em 2019, ela particiou do "Programa da Maísa", em exibição no SBT.

Em 2019, a equipe de Aline anunciou que a artista ficaria afastada das redes sociais para tratar sua depressão. "Como muitos sabem, a Aline sofre de depressão há alguns anos, faz tratamento psiquiátrico e depende de remédios para ficar bem. Quando ela voltou para as redes, ela ja tinha passado por recaídas, mas estava bem de saúde. Porém, a depressão é cruel e ela teve uma recaída séria, que levou a um surto (tem o resumo do ocorrido nos destaques do instagram). A Aline não faz uso de nenhum tipo de droga. Com isso, a Aline se afastará das redes sociais por tempo indeterminado, até que a família dela permita (por mais que ela seja maior de idade, ela é dependente devido a doença)", afirmou o comunicado.

A nota também falou sobre a repercussão negativa trazida pela fama instantânea nas redes sociais. "Infelizmente, a internet tem seus prós e contras, é preciso estar bem para lidar com tudo. Essa pausa será ótima para a saúde da Aline, o foco da família é o bem estar dela. Atualmente, ela está bem, mas precisa realmente de cuidados".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos