Cantor Juliano Cezar é enterrado sob aplausos e muita emoção em Passos (MG)

LEONARDO VOLPATO

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Morto na última terça (31) após sofrer uma parada cardíaca durante um show no Paraná, o cantor Juliano Cezar, 58, foi velado e posteriormente enterrado na cidade de Passos (MG), sua terra natal. O velório, que começou em Ribeirão Preto e terminou no município mineiro, e o sepultamento contaram com homenagens de artistas consagrados da música. Dentre elas a do compositor de "Não Aprendi Dizer Adeus", Joel Marques, que cantou a música que ficou muito conhecida na voz de Juliano. Quem também marcou presença e fez um tributo a Juliano Cezar foi o cantor Rionegro, dupla com Solimões. O artista cantou uma canção do amigo: "Rumo à Goiânia", e também o clássico de Milionário e José Rico "Estrada da Vida". Juliano Cezar chegou ao sepultamento em carro dos Bombeiros e as ruas do entorno ficaram tomadas de gente. O cantor mineiro morreu na madrugada de terça-feira (31) após sofrer uma parada cardíaca enquanto fazia um show em Uniflor, no interior do Paraná. O artista deixa sua esposa Andrea Mendes, com quem ficou casado por 27 anos. Ao longo da trajetória de 33 anos de carreira, o cantor gravou 14 álbuns (sendo 4 DVDs gravados) e emplacou sucessos como "Não Aprendi Dizer Adeus" (1990), "Rumo à Goiânia" (de 1991), "Bem aos Olhos da Lua" (de 1997), "Cowboy Vagabundo" (2002), Malvada (2002), "Faz Ela Feliz", entre outras. REPERCUSSÃO Artistas importantes da música lamentaram a perda precoce do músico. Dentre eles o cantor Daniel. "Uma notícia tão triste! Nosso querido amigo Juliano Cézar nos deixou e só posso dizer que ele fará muita falta", escreveu em uma rede social. Sorocaba, dupla com Fernando, também lamentou. "Descanse em paz Cowboy. Sempre que a gente se encontrava nas estradas da vida era assim, só alegria! Você foi muito importante". João Neto e Frederico publicaram a seguinte mensagem: "Juliano Cezar cantou, e por diversas vezes nos encantou, e agora vai deixar uma saudade sem tamanho. Estamos tristes pela sua partida meu amigo".