A canção estava certa: a banana tem vitamina e o Brasil tem para dar e vender

Foto: Reprodução/Pexels

Por Thiago Varella

Na famosa marchinha de Carnaval, composta em 1938, Braguinha já dizia que banana tem vitamina, engorda, faz crescer e que temos para dar e vender. E o compositor carioca tinha toda razão. A fruta é uma das favoritas dos brasileiros, é fonte de potássio, magnésio e vitamina C, e, até mesmo, virou moda entre os tenistas, depois que Gustavo Kuerten passou a consumi-la entre um game e outro para repor as energias.

Origem

A origem exata da banana não é conhecida. A teoria mais provável é a de que a fruta surgiu na Ásia, no sul da China ou na região onde hoje fica o Vietnã. No entanto, há referências ao alimento na mitologia grega e indiana. E sabe-se que, em alguns lugares do mundo, a banana é cultivada há mais de 4000 anos.

Apesar da provável origem asiática, a palavra banana vem de idiomas falados na costa ocidental da África, onde hoje ficam a Libéria e Serra Leoa. Quando portugueses passaram pela região, incorporaram o termo à sua língua.

Brasil

Segundo historiadores, o Brasil conta com bananeiras desde antes do descobrimento. Pedro Álvares Cabral chegou a encontrar índios que comiam uma espécie de banana conhecida como “branca” e outra chama de “pacova”.

A banana faz tanto sucesso no Brasil que o país é o segundo produtor mundial da fruta, responsável por 9,8% do total, só perdendo para a Índia. O brasileiro também é o segundo maior consumidor de banana, também atrás dos indianos.

É possível encontrar plantações em quase todo o território nacional. No entanto, a maioria das bananeiras se encontram no Nordeste e no Sudeste. Como a planta se desenvolve bem em locais com temperaturas entre 22 e 31 graus, a banana encontrou no Brasil o clima ideal.

Energia e vitamina

A banana é uma fruta calórica que, por conta disso, é considerada como boa fonte de energia. Além disso, possui alta concentração de fibras solúveis que ajudam no aumento da saciedade e em uma melhor ação do intestino, principalmente quando associada à água. Além disso, é rica em vitaminas A, C, B1, B2, B6 e B12.

“A banana, também, é boa fonte de potássio e magnésio. Por isso, a fruta causa melhora na pressão arterial, na recuperação muscular e boa produção de energia pela célula”, afirmou a nutricionista Vivian Ragasso.

Cuidado com a banana madura

Se você sofre de enxaqueca é bom avaliar a banana antes de comer. A fruta muito madura é rica em tiranina, desencadeador do processo de enxaqueca.

Além disso, cuidado ao tentar imitar o Guga. A banana é, de fato, uma excelente fonte de energia e auxilia na recuperação muscular, mas, por ser fibrosa, nosso organismo pode ter problemas para digeri-la.

“Na maioria dos casos, a banana leva duas horas para ser digerida. Em alguns casos, esse tempo é menor. Depende do metabolismo da pessoa. Por isso, não é todo mundo que pode comer banana no meio do treino ou antes dele. Depois da atividade física, no entanto, a banana é um excelente alimento”, explicou Ragasso.