Canal Loading encerra produção de conteúdos inéditos

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O canal Loading, que entrou no ar há menos de seis meses, encerrou suas produções inéditas e ao vivo. Desde a tarde desta quinta (27), a emissora exibe conteúdos de terceiros e reprises de animes.

Questionada sobre demissões de funcionários, a emissora não se posicionou até a publicação deste texto. Segundo o site Na Telinha, quase 60 pessoas foram demitidas. Ainda de acordo com o site, um executivo da empresa teria justificado a decisão de encerrar o conteúdo inédito após a perda do patrocinador principal do canal.

Com foco na cultura pop, eSports, videogames e animes, o canal estreou na TV aberta (em São Paulo, pelo canal 32 UHF), na TV paga e na internet no dia 7 de dezembro.

Poucos dias após o seu lançamento, a emissora enfrentou uma grande polêmica quando profissionais que trabalhavam no programa Metagaming pediram demissão de forma coletiva. Na ocasião, eles argumentaram diferenças editorais e que teriam sido censurados pelo canal.

Com três meses no ar, o canal Loading divulgou números positivos sobre a sua performance. Informava que tinha atingido a média de 1,5 milhão de espectadores por dia na primeira metade de fevereiro. Divulgava também que tinha registrado crescimento de 60% na audiência na TV aberta em janeiro na comparação com dezembro, segundo dados do PNT (Painel Nacional de Televisão) do Kantar Ibope.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos