Campeão de boxe Tyson Fury briga com gigante da WWE

Tyson Fury encara lutador de pro wrestling durante evento

O invicto campeão linear dos pesados, Tyson Fury, compareceu na nesta segunda-feira (7) ao programa “Monday Night Raw” em busca de um pedido de desculpas do lutador da WWE Brawn Strowman. Na última sexta-feira (4), Fury e Strowman trocaram provocações após o último ter arremessado outro lutador, Dolph Ziggler, sobre Fury, que assistia o show de TV “SmackDown”.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM

Fury e Strowman se encontraram sobre o ringue nesta segunda no segmento final do programa e, após novas provocações, começaram a brigar, sendo separados por dezenas de seguranças. Posteriormente, a dupla voltou a se estranhar por diversas vezes, apesar do esforço de dezenas de lutadores em tentar separá-los. O episódio terminou com os dois brigando no ringue.

Veja outras notícias de MMA e lutas

É cada vez mais claro que o envolvimento de Fury com a WWE se trata de um plano da firma de boxe Top Rank para promover Fury entre o público que não acompanha jornadas de boxe e fortalecer seu “nome” como uma atração que venda pacotes de pay-per-view. A própria empresa de Bob Arum postou cenas da briga em sua conta oficial no Twitter. Além de ter sob contrato a ex-campeã e estrela do UFC Ronda Rousey, a empresa de pro wrestling WWE (Alerta de spoiler), cujos resultados das lutas são combinados, já promoveu lutas ou eventos com o principal lutador da história recente Floyd Mayweather Jr., e os campeões dos pesados de boxe Muhammad Ali, Mike Tyson, Joe Frazier e “Buster” Douglas.

Nos desafios contra atleta do pro wrestling, os boxeadores sempre saem por cima: Tyson nocauteou Shawn Michaels, Douglas nocauteou “Macho Man” Randy Savage, Ali e Frazier saíram por cima, e Mayweather Jr. nocauteou o “Big Show” Paul Wight.

Fury é ranqueado pela publicação “The Ring” como o boxeador pesado número um da atualidade, além de ser considerado pela mídia especializada como o campeão “linear” (uma linha poderia ser traçada até o primeiro campeão dos pesos-pesados) por nunca ter perdido seus quatro cinturões em um ringue de boxe. Além disso, Fury empatou com Deontay Wilder, campeão do Conselho Mundial de Boxe, ano passado, em um combate que causou polêmica por muitos acreditarem que o britânico venceu.




Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter