Campeã do 'BBB 18', Gleici tem carro ganho no programa apreendido

Redação
Instagram / @gleicidamasceno

A ex-BBB Gleici Damasceno, campeã da 18ª edição do Big Brother Brasil, reality show da Globo, conseguiu a liberação de seu carro que havia sido apreendido pelo Detran do Acre recentemente.
De acordo com o jornal Extra, o carro, recebido por Gleici como prêmio por ter sido a grande campeã do BBB 18, foi apreendido após se envolver em um acidente com um ciclista no último dia 19 de agosto. Na ocasião, o veículo estava sendo conduzido pelo ex-BBB Wagner, com quem Gleici teve um relacionamento durante o programa.
O carro estava com IPVA atrasado e 11 multas acumuladas. Duas delas teriam sido registradas em Rio Branco, no Acre, e nove em uma rodovia federal no Rio de Janeiro.

VEJA TAMBÉM: Relembre participantes do BBB que se envolveram em casos de polícia

'BBB': Relembre participantes que se envolveram em casos de polícia Relembre participantes do 'Big Brother Brasil' que foram presos ou precisaram prestar depoimento à polícia. MM_AG_PT_ASSET_GROUP_39765 Ex-BBBs que se envolveram em casos de polícia

Ao longo de suas 19 edições, diversos participantes do 'Big Brother Brasil' acabaram se envolvendo em casos de polícia, por conta de fatos ocorridos durante o confinamento ou após sua saída do 'BBB', fosse prestando depoimentos para esclarecimentos, ou até mesmo indo para a prisão. Relembre alguns casos a seguir.

Paulo Belote / Globo / Divulgação | José Cordeiro / Estadão | Globo / Divulgação MM_AG_PT_ASSET_987520 Rodrigo Leonel - 'BBB 2'

Rodrigo Leonel, campeão da 2ª edição do 'BBB', foi preso em 26 de agosto de 2007. Na ocasião, foi autuado em flagrante por tentativa de estelionato e homicídio no Parque do Peão, em Barretos. Ele teria adulterado o adesivo usado para entrar no estacionamento do local e, posteriormente, atirado seu veículo contra o porteiro Leonardo Lourenço, que precisou ser levado ao hospital. Ele foi liberado no fim da tarde de 28 de agosto de 2007, dois dias depois, após pagar uma fiança no valor de R$ 30 mil. Na foto, durante participação na 'Turma do Didi', ao lado de Renato Aragão.






 

Globo / Divulgação MM_AG_PT_ASSET_987435 Edilson Buba - 'BBB 4'

Em 26 abril de 2004, aos 32 anos de idade, o empresário Buba, que participou do 'BBB 4', foi preso em flagrante acusado de tráfico de drogas no Aeroporto Internacional Afonso Pena, na região metropolitana de Curitiba. Na ocasião, ele retirou uma bagagem do guarda-volumes do local, na qual foram encontrados 18 comprimidos de ecstasy e 50 gramas de maconha. Em sua defesa, Buba afirmou que a droga teria sido colocada por fãs que teriam lhe cercado tempos antes para lhe pedir um autógrafo. O ex-BBB morreu dois anos depois, em Curitiba, após lutar contra um câncer.
 


Globo / Divulgação MM_AG_PT_ASSET_987434 Pablo Esposito - 'BBB 7'

O argentino Pablo Esposito (ao centro, na foto), que participou do 'BBB 7', foi preso em 6 de fevereiro de 2008 no Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos. Na ocasião, ele e sua namorada, irritados por tererm perdido um voo para Buenos Aires, invadiram a ponte de embarque e quebraram um vidro usando o telefone de contato com a torre de controle. A ponte, no caso, era considerada um patrimônio da União, e o casal foi autuado em flagrante por dano qualificado. Relembre todos os estrangeiros que já passaram belo 'BBB' clicando aqui.








 

Kiko Cabral / Globo / Divulgação MM_AG_PT_ASSET_987438 Daniel Echaniz - 'BBB 12'

O participante Daniel, do 'BBB 12', chegou a ser expulso da casa por "comportamento inadequado" e foi investigado pela polícia por um possível abuso sexual. Posteriormente, ele foi inocentado das acusações, já que, segundo o depoimento de Monique, a suposta vítima, não houve crime.





 


Frederico Rozario / Globo / Divulgação MM_AG_PT_ASSET_987441 Laércio de Moura - 'BBB 16'

Laércio, do 'BBB 16', foi preso em 16 de maio de 2016, após denúncias de estupro e indução de menores à ingestão de bebida alcóolicaA Polícia Civil do Paraná chegou a divulgar conversas que o ex-BBB teve com uma menor de idade por meio de redes sociais.

Paulo Belote / Globo / Divulgação MM_AG_PT_ASSET_987440 Marcos Harter - 'BBB 17'

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro chegou a denunciar o ex-BBB Marcos Harter, expulso do reality dias antes, por ter agredido sua namorada na casa, Emilly Araújo, com "fortes beliscões, que causaram um hematoma no braço esquerdo da vítima por motivo fútil, que seria ciúmes". Marcos foi indiciado por agressão e prestou depoimento na Delegacia de Atendimento à Mulher (DEAM) de Jacarepaguá, à época.

Fabio Rocha / Globo / Divulgação MM_AG_PT_ASSET_987433 Vanderson Brito - 'BBB 19'

Vanderson participou do 'BBB 19', mas precisou sair da casa para prestar depoimentos após ser acusado de estupro (posteriormente arquivada), agressão física e importunação, o que resultou em sua desclassificação. Na ocasião, ele afirmou que as acusações, de fatos que teriam ocorrido no Acre, onde mora, seriam mentiras.




 


Victor Pollak / Globo / Divulgação MM_AG_PT_ASSET_987436 Intolerância religiosa - 'BBB 19'

No 'BBB 19', a Delegacia de Crimes Raciais e Intolerância (Decradi) do Rio de Janeiro analisou supostos casos de racismo e intolerância religiosa que teriam ocorrido durante o reality show, em sigilo. A participante Paula, por exemplo, afirmou: "Tenho medo do Rodrigo, porque ele fala o tempo todo desse negócio de Oxum. Eu tenho medo disso, mas nosso Deus é maior".

Victor Pollak / Globo / Divulgação MM_AG_PT_ASSET_987439

Nesta terça-feira, 27, advogados de Gleici teriam pago as duas multas referentes a Rio Branco, além do IPVA, taxa de licenciamento e seguro, liberando a retirada do carro do pátio do Detran.
Em nota enviada ao E+, a assessoria de imprensa de Gleici afirmou que "como o carro fica atualmente em outro Estado", "muitas vezes é cedido a terceiros para eventuais necessidades".
"Assim que Gleici tomou conhecimento das notificações envolvendo o veículo, adotou medidas para entender como aconteceram as infrações e todas as providências necessárias para a resolução da questão. O veículo já está liberado e tudo foi resolvido", conclui a nota.

VEJA TAMBÉM: BBB 18 - relembre os participantes da 18ª edição do Big Brother Brasil, edição vencida por Gleici Damasceno

'BBB 18': Conheça os participantes do programa 18ª edição do 'BBB' tem início em 22 de janeiro; veja quem vai participar da disputa pelo prêmio milionário! MM_AG_PT_ASSET_GROUP_35638 'Big Brother Brasil 18'

A 18ª edição do 'Big Brother Brasil' tem início na próxima segunda-feira, 22 de janeiro, mas a Globo está divulgando os participantes ao prêmio milionário desde a tarde de quinta-feira, 18. Confira a seguir quem são os confinados que já foram revelados e também o que eles já disseram em depoimentos liberados pela produção do programa!

 

Globo / Divulgação MM_AG_PT_ASSET_838058 Ana Paula Costa

Apesar de ter nascido em São Paulo, a atriz e estudante de jornalismo de 23 anos mora em São José, em Santa Catarina, desde antes de completar um ano de vida. 

 

Globo / Divulgação MM_AG_PT_ASSET_838024 Ana Paula Costa

"Ser bruxa é como ser umbandista. A única diferença é que eu acredito nas deusas. Eu acredito na deusa Afrodite, no deus Posseidon. Em vez de acreditar em Jesus, estou acreditando nas deusas. Eu vou lá e acendo uma vela para Afrodite para pedir um grande amor"; "Tenho dois lados: o sério e o brincalhão. Comigo não tem meio termo. Não sei o que existe entre o oito e o oitenta".

 

Instagram / @anapaulacostaag MM_AG_PT_ASSET_838045 Breno Simões

Aos 29 anos de idade, o arquiteto mora com sua mãe e sua irmã em Goiânia. Possui uma tatuagem em homenagem à família e é sócio do escritório onde estagiou.
 

Globo / Divulgação MM_AG_PT_ASSET_838025 Breno Simões

"Sou maluco por competição e quero me divertir, pegar gente e ganhar dinheiro";  "Não penso no amanhã, nem no passado. Quero saber do agora, viver o momento. Eu não raciocino muito, não, ajo sempre por impulso. Faço o que tenho vontade"; "Minha cama é muito bem frequentada, graças a Deus".
 

Instagram / @brenosimoes MM_AG_PT_ASSET_838043 Marcos Caruso

O publicitário de 34 anos coleciona bonés, tênis e toucas, se considera namorador, livre e desimpedido, e conta estar conhecendo o budismo.
 

Globo / Divulgação MM_AG_PT_ASSET_838023 Marcos Caruso

"Meus pais sempre fizeram a minha vontade"; "As pessoas me olham e têm medo de mim até me conhecerem e verem que sou do bem"; "Já gastei muito dinheiro da minha vida com roupa. Minha mãe me proibiu de comprar camiseta porque não tem mais espaço para guardar".
 

Instagram / @caruso1983 MM_AG_PT_ASSET_838044 Diego Gessualdo de Souza

Vivendo em São Paulo, Diego nasceu no Pará há 31 anos e é formado em filosofia e doutorando em psicologia clínica. Garante ser dado a paixões platônicas e gostar de jogar vídeogames e escrever livros.
 

Globo / Divulgação MM_AG_PT_ASSET_838046 Gleici Damasceno

Aos 22 anos de idade, Gleici é a única de sua família, que conta com 15 tias e 50 primos, a concluir o ensino médio e chegar à faculdade, onde cursa psicologia. É ativista de direitos humanos e militante da causa negra
 

Globo / Divulgação MM_AG_PT_ASSET_838057 Gleici Damasceno

"Não suporto gente que sempre tenta fazer brincadeiras homofóbicas e racistas. Pessoas assim eu quero distância na minha vida, abomino. E brigo mesmo, se for necessário"; "Sempre quero ganhar em uma discussão"; "As pesoas falam que tenho um jeitinho meigo, mas, quando quero alguma coisa, vou atrás e luto muito".

Instagram / @gleicidamasceno MM_AG_PT_ASSET_838064 Jaqueline Grohalski

Aos 23 anos de idade e formada em biomedicina, a rondoniense já conquistou o título de miss em seu Estado, e atualmente trabalha com sua mãe vendendo roupas pela internet.
 

Globo / Divulgação MM_AG_PT_ASSET_838072 Jaqueline Grohalski

"Por onde passo, eu causo. Vou causar muito lá dentro"; "Não costumo beber e, quando bebo, são no máximo dois copos"; "Sou muito teimosa e orgulhosa, mas sei reconhecer quando estou errada. Sei perdoar e pedir desculpas. Mas se eu tiver certa..."
 

Instagram / @jaqueline_grohalski MM_AG_PT_ASSET_838080 Jéssica Mueller

Natural de Blumenau mas atualmente morando em Florianópolis, a personal trainer está com 26 anos de idade. Acredita que se apaixona de desapaixona rapidamente.
 

Globo / Divulgação MM_AG_PT_ASSET_838073 Jéssica Mueller

"Eu danço mesmo. Faço aquela que é sexy, sem ser vulgar. Os homens até gostam do meu jeito de dançar".
 

Instagram / @jepersonaltrainer MM_AG_PT_ASSET_838079 Kaysar

Kaysar nasceu na cidade de Alepo, na Síria, e tem 28 anos. Deixou seu país natal há sete anos para morar na Ucrânia, passando também por França e Chipre. No Brasil, mora em Curitiba, e fala cinco línguas: português, árabe, russo, francês e inglês.
 

Globo / Divulgação MM_AG_PT_ASSET_838071 Kaysar

"O que o Brasil fez comigo mudou minha vida inteira"; "Já estou no 'BBB 18'. Já ganhei. Já tenho 1,5 milhão de reais na minha conta. Eu tenho fé"
 

Instagram / @cesar.papagaio MM_AG_PT_ASSET_838081 Lucas Fernandes

Lucas tem 27 anos de idade e é de Fortaleza, no Ceará. Chegou a cursar engenharia, mas um olheiro mudou sua vida quando o chamou para trabalhar como modelo. Atualmente, é dono de uma loja de carnes.

Globo / Divulgação MM_AG_PT_ASSET_838082 Lucas Fernandes

"Eu não suporto qualquer tipo de preconceito. Já sofri isso na pele. Quantas vezes já escutei: 'Cadê a cabeça grande? Você é bonito, é cearense mesmo?'. Sou cearense e tenho muito orgulho de falar que sou".
 

Instagram / @lucasefernandes23 MM_AG_PT_ASSET_838084 Mahmoud Baydoun

Com 27 anos de idade, o rondoniense de Porto Velho é sexólogo, psicólogo e professor. Já conheceu mais de 15 países e é filho de libaneses que fugiram da guerra vindo ao Brasil.

Globo / Divulgação MM_AG_PT_ASSET_838099 Mahmoud Baydoun

"Eu sofria muito bullying por causa da minha voz fina"; "Sempre lidei com a sexualidade de forma muito natural, não ao pecado e a algo nojento que a sociedade em geral associa"

Facebook / @mahmoud.baydoun.5 MM_AG_PT_ASSET_838098 Mara Telles

Cientista política, Mara tem 53 anos e mora em Belo Horizonte, onde dá aulas e faz pesquisas sobre o comportamento político em eleições. Não se considera feminista, mas promete representar as mulheres no programa. Sonha em ganhar o prêmio para investir em pesquisas, viajar o mundo e ajudar a filha. 

Globo / Divulgação MM_AG_PT_ASSET_838106 Mara Telles

“Quero ter um futuro financeiro mais seguro e ajudá-la a investir em uma ONG contra a intolerância”

Facebook/Mara Telles MM_AG_PT_ASSET_838305 Nayara de Deus

Aos 33 anos de idade, a jornalista jura que não repete roupa em nenhum dia do ano, e é obcecada pela cor amarela, que enfeita todo seu apartamento - até a tampa do vaso sanitário.

Globo / Divulgação MM_AG_PT_ASSET_838160 Nayara de Deus

 “Eu costumo dizer que não sou uma jornalista e sim uma comunicadora nata”. “Não adianta gente, eu tenho carisma. E se alguém não gostar de mim, é porque quer ser como eu”.

Facebook/Nayara de Deus MM_AG_PT_ASSET_838306 Patrícia Leite

Funcionária pública de 32 anos, nasceu em Icó, no interior do Ceará, e atualmente mora em Fortaleza. Trabalha ajudando jovens dependentes a se reintegrarem na sociedade. Apaixonada por música, tem um filho de 11 anos, é cantora de forró e já trabalhou em rádio.

Globo / Divulgação MM_AG_PT_ASSET_838301 Patrícia Leite

“Sempre tive aptidão para arte”. “Meu foco não é me envolver com ninguém, mas como boa escorpiana, não descarto nenhuma possibilidade”. 

Facebook/Patrícia Leite MM_AG_PT_ASSET_838307 Paula Amorim Barbosa

Empresária de 29 anos, a mineira, de Belo Horizonte, é formada em administração de empresas, trabalhou na empresa da família e hoje é dona do próprio negócio, uma distribuidora de doces. Diz que nunca foi uma menina delicada e que, quando criança, vivia na rua jogando bola com os meninos.

Globo / Divulgação MM_AG_PT_ASSET_838302 Paula Amorim Barbosa

“Acho que sou uma pessoa bem liberal. Não tenho preconceito com nada. Minha mãe até diz que eu tenho que ser mais criteriosa”. 

Instagram/@paulaamorimbarbosa MM_AG_PT_ASSET_838309 Marcos Viegas

O músico paulistano de 33 anos trabalha com música independente, canta em shows e às vezes atua como DJ. Complementa a renda mensal vendendo CDs autorais na rua e escreve rap com críticas sociais. Tem uma filha de cinco anos, que vive com a mãe. Viegas não corta o cabelo há 17 anos e se dedica a seus dreads. Fundou com um amigo um projeto social – um espaço cultural na comunidade onde nasceram – e acredita que o maior presente que ganhou da vida foi viver na periferia e, com isso, aprender a improvisar.

Globo / Divulgação MM_AG_PT_ASSET_838300 Marcos Viegas

“Na periferia, ganha quem tem freestyle, tem que usar a criatividade”.

Instagram/@viegasoficial MM_AG_PT_ASSET_838310 Wagner Santiago

Natural de Curitiba, o artista visual de 35 anos diz ser artista por vocação e interesse. Chegou a estudar história da arte, mas se formou em fotografia e pedagogia. E foi após trabalhar como agente penitenciário que decidiu mudar e viver de arte. Montou um ateliê com dois amigos e seus trabalhos vão do carvão à tatuagem, mas seu forte é colagem e gravura. Tem dois filhos, de relacionamentos diferentes, se considera um paizão e afirma ser prestativo e bom cozinheiro.

Globo / Divulgação MM_AG_PT_ASSET_838303 Wagner Santiago

“Acho um desafio instigante, uma oportunidade de expor ideias, testar limites e conhecer pessoas incríveis”.

Instagram/@wagnersantiago_ MM_AG_PT_ASSET_838308 Família Lima

De 'última hora', a Globo separou uma surpresa, revelada apenas no dia de estreia do programa: a entrada de uma família inteira no reality. Ayrton, que tentou entrar no programa por mais de 15 anos, sua mulher, Eva, sua filha, Ana Clara, e seu sobrinho, Jorge. Seu começo no programa, porém, não foi dos mais tranquilos. Logo de cara, internautas resgataram postagens consideradas preconceituosas feitas por eles. Em seguida, vieram acusações de que o pai estaria assediando a própria filha após um selinho demorado; leia mais aqui.

Globo / Divulgação MM_AG_PT_ASSET_840226
Confira abaixo a íntegra do posicionamento de Gleici Damasceno, campeã do BBB 18, enviado por sua assessoria:
"Sobre as notícias veiculadas alegando que Gleici Damasceno teria multas de trânsito, a assessoria de comunicação da atriz informa que a artista não usa o veículo há algum tempo, uma vez que ela mora em São Paulo. Como o carro fica atualmente em outro Estado e muitas vezes é cedido a terceiros para eventuais necessidades, assim que Gleici tomou conhecimento das notificações envolvendo o veículo, adotou medidas para entender como aconteceram as infrações e todas as providências necessárias para resolução da questão. O veículo já está liberado e tudo foi resolvido."
VEJA TAMBÉM: Relembre frases polêmicas da história do BBB

'BBB': relembre frases polêmicas da história do 'Big Brother Brasil' Ao longo de suas 19 edições, o 'BBB' contou com diversas falas polêmicas por parte de seus participantes; relembre algumas, incluindo as ditas por Paula, da edição do 'Big Brother Brasil' em 2019 MM_AG_PT_ASSET_GROUP_39756 'Como que você vai chegar no céu sem olho?'

Em uma conversa sobre doação de órgãos no 'BBB 19', Paula fez uma declaração que gerou polêmica nas redes sociais: "Como que você vai chegar no céu sem olho? Vai tá vivo o seu coração, o seu olho, em outra pessoa aqui, e você vai estar sem, lá no céu!"


 


Victor Pollak / Globo / Divulgação MM_AG_PT_ASSET_987154 'Pensei que ia chegar o maior 'faveladão', quando vi, o cara era branquinho'

Ao contar a história de uma amiga que teria sido esfaqueada, a participante Paula foi acusada de ser preconceituosa ao falar sobre a aparência do autor do crime: "Eu pensei que ia chegar o maior 'faveladão' lá, né? Quando vi, o cara era branquinho, morou não sei quanto tempo na Austrália, no Canadá, não sei..."

Victor Pollak / Globo / Divulgação MM_AG_PT_ASSET_987153 'Hétero não pega Aids'

No 'BBB 10', Marcelo Dourado, que viria a ser o campeão daquela edição, deu uma declaração equivocada e que precisou ser posteriormente corrigida: "Hétero não pega Aids, isso eu digo porque eu conversei com médicos e eles disseram isso. Um homem transmite para outro homem, mas uma mulher não passa para o homem".

 

Frederico Rozario / Globo / Divulgação MM_AG_PT_ASSET_987160 'Hétero não pega AIDS'

Em 29 de março de 2010, uma decisão da Justiça Federal de São Paulo obrigou o 'BBB 10' a exibir um esclarecimento sobre a contração do vírus HIV à população. O apresentador Pedro Bial disse no ar que "as opiniões e batatadas emitidas pelos participantes do programa são responsabilidade exclusiva dos participantes deste programa. Para ter acesso a informações corretas sobre como é transmitido o vírus HIV, acesso o site do Ministério da Saúde".



 

Renato Rocha Miranda / Globo / Divulgação MM_AG_PT_ASSET_987158 'As pessoas que têm ficam mais velhas, não duram mais de 40 anos, falecem, e a Aids acaba'

Durante uma conversa no 'BBB 14', o participante Cássio fez um comentário polêmico dando sua 'solução simples' sobre o problema da Aids no mundo: "O que o homem gasta de remédio pra Aids no mundo, se ele gastasse cerca de três vezes mais, apenas, em 40 anos acabava a Aids no mundo. Porque a Aids, dando pra todas as pessoas, entendeu? Ninguém pegaria. As pessoas que têm ficariam mais velhas, não duram mais de 40 anos, muitas vezes, falecem, e a Aids acaba". Na sequência, Angela respondeu: "Vamos matar todo mundo [risos] [...] Mas, gente, sabe o que mais me 'coisa'? Saber que a Aids surgiu do macaco. E que teve um idiota que foi transar com um macaco".


 

Reprodução de 'BBB 14' (2014) / Globo MM_AG_PT_ASSET_987156 'Não tenho nada contra 'viado', agora, você lá e eu aqui'

Durante uma conversa que foi ao ar no 'BBB 7', em 2007, Felipe Cobra fez comentários que foram considerados homofóbicos: "Não tenho nada contra, tenho um monte de amigo 'viado', respeito, na moral, cada um com as tuas opiniões, com as tuas vontades, agora você lá e eu aqui, não entra no meu espaço não, parceiro. Não vem entrar no banheiro naquela de 'botar a mão' que vai tomar bolacha. Agora sentar pra trocar uma ideia, na moral, hoje mesmo, eu tava conversando com [...] um p*** de um amigo meu. E o cara é viado. E aí, mano? Não tem [problema]. Outra coisa é se expor, daqui a pouco você passa na rua e tem os 'viadinhos' te batendo porque você tá passando. Qual é, meu, tá louco? Na moral, sem condição."



 

Reprodução de 'BBB 7' (2007) / Globo MM_AG_PT_ASSET_987155 'Homem com homem é nojento'

O participante Diego, do 'BBB 14', fez um comentário homofóbico e criticou também a adoção de crianças por casais gays: "Homem com homem é nojento. [...] Na balada, eu viro as costas e saio". Posteriormente, o apresentador Pedro Bial promoveu um debate sobre a questão entre os participantes do programa e defendeu a questão da adoção: "O desejo de ter um filho já é uma coisa rara entre casais heterossexuais. O desejo de adoção é algo precioso e muito raro. Você tem duas pessoas que têm esse desejo, essa crianças tem grandes chances de ter uma educação cheia de amor, respeito e cuidado".


 

Frederico Rozario / Globo / Divulgação MM_AG_PT_ASSET_987157 'Quem nunca amarrou bombinha no rabo do gato não teve infância'

No 'BBB 19', o participante Maycon causou polêmica e foi acusado de maus tratos aos animais, sendo criticado até mesmo pela ativista Luisa Mell, após afirmar em uma conversa: "Já viu gato? Você coloca um adesivo do lado aqui no gato e ele fica andando assim [gesticula enquanto ri]. Nunca fez isso? Já amarrou bombinha no rabo dele?". Em seguida, diante de respostas negativas e reações de desaprovção, afirmou que seus colegas "não tiveram infância".

Victor Pollak / Globo / Divulgação MM_AG_PT_ASSET_987159 'Não faça igual a eles'

Em conversa com Diego, Maycon, do 'BBB 19', falou sobre a reação que teve quando viu Rodrigo e Gabriela, que são negros, ouvindo a música 'Identidade', de Jorge Aragão, durante uma festa: "Tava nessa cadeira, e tava o Rodrigo e a Gabi. [...] De repente senti um arrepio, começou a tocar umas músicas esquisitas, tá ligado? Aí olhei pros dois, tipo, num sincronismo legal. Achei legal, juro por Deus. De repente comecei a olhar, escutar uns negócios... Tipo assim: 'Não faça igual a eles'. Aí veio Jesus Cristo em minha mente. Não pra aqui, pra vida inteira. 'Se você fizer igual a eles, eles ganham mais força'."

Reprodução de 'BBB 19' (2019) / Globo MM_AG_PT_ASSET_987161 'Respeito a religião, mas tenho certo medo'

Em conversa posterior, desta vez entre Maycon, Paula e Hariany, diversos internautas também apontaram intolerância religiosa. "Respeito a religião, respeito todas. Mas eu tenho certo medo. Porque já aconteceu muitas coisas comigo. [...] Fecharam os olhos, começou a tocar essas músicas e tal. Aí ela pegou e fez assim [gesticula]. Aí olhei pro lado. Olhei pro outro. Começou a ventar. Na hora começou a vir um monte de voz falando uns negócios pra mim. É porque acho que tava um pouco bêbado, e quando a gente tá bêbado, a gente fica mais vulnerável", relatou Maycon. "Falaram pra mim nem fumar o cigarro da Gabi, pra você ter ideia. Não aceita nem o cigarro", continuou, ao que foi respondido por Paula: "Os 'treco' adora cigarro e fuma pra c***, ela fuma pra c***. [...] Não vou falar o nome desse espírito aí, mas a pessoa dá a oferenda, que é cigarro pra eles...". Por fim, Maycon finalizou: "Esse tipo de pessoa sempre entra em conflito comigo. Toda vez. Sempre, sempre. Eu consegui me curar porque comecei a ir na fundação espírita de São Paulo, Allan Kardec, Chico Xavier, que é uma coisa totalmente diferente."




 

Reprodução de 'Big Brother Brasil 19' (2019) / Globo MM_AG_PT_ASSET_968872 'Não sou preconceituoso, mas...'

"Sabe o que eu acho massa se o cara é gay? Ele pode ser, não sou nem um pouco preconceituoso quanto a isso. O que não gosto é aqueles caras gays chatos, que ficam tipo escandaloso, chega no lugar... Se o cara é ou não é, mas se é na dele, total, pouco importa quem ele é. Mas essas pessoas que querem aparecer na frente dos outros, eu não tenho paciência", afirmou Diego durante uma conversa com Paula e Hariany.

Victor Pollak / Globo / Divulgação MM_AG_PT_ASSET_968876