Camilly Victoria sobre ser recepcionista: "Não é nenhuma novidade ter que trabalhar"

·4 minuto de leitura
Camilly Victoria conta rotina nos EUA e fala sobre carreira musical (Foto: Reprodução/Instagram@camillyvictoria)
Camilly Victoria conta rotina nos EUA e fala sobre carreira musical (Foto: Reprodução/Instagram@camillyvictoria)

Prestes a completar 20 anos, Camilly Victoria chamou a atenção dos fãs recentemente ao surgir trabalhando em um salão de beleza nos Estados Unidos, onde mora. Conciliando o expediente em um trabalho comum com a carreira musical, além de comemorar o sucesso do lançamento de sua nova música, recentemente a jovem se surpreendeu com a repercussão no Brasil por conta de seu trabalho como recepcionista em um salão de beleza.

“Meus pais sempre deram duro na vida, desde antes de serem famosos e, durante a fama também porque nunca trabalharam pouco. Eles me ensinaram e ensinam todos os dias a batalhar pelo que queremos”, afirma ela, que é filha mais velha de Carla Perez com o músico Xanddy.

Leia também:

Ela também segue os passos dos pais na carreira musical. Sua nova música de trabalho “Jodeci” ganhou elogios de cantores renomados como Gloria Groove e Lexa.

“Sempre amei música, compor e cantar. Desde pequena eu sempre quis ser cantora, mas quando estava no fim do ensino médio foi quando tive certeza que era o que queria fazer",conta.

Morando na Flórida (EUA) desde 2016, Camilly conversou com o Yahoo! e falou sobre os projetos da carreira artística e como o incentivo dos pais famosos foi importante para a sua construção pessoal.

Muita gente se surpreendeu quando você apareceu trabalhando num centro de estética como recepcionista. Como você encara essas surpresas?

Sempre amei decoração de unhas e eu estou aprendendo para poder começar a fazer. Acho que todo trabalho dignifica o ser humano. Meus pais sempre deram duro na vida, desde antes de serem famosos e, durante a fama também porque nunca trabalharam pouco. Eles me ensinaram e ensinam todos os dias a batalhar pelo que queremos. A surpresa disso é das pessoas, é sobre o que elas pensam sobre a vida e também sobre a vida de pessoas ‘com pais famosos’. Essa surpresa aí jamais poderia ser minha [risos]. Não é nenhuma novidade para mim ter que trabalhar. Sou feliz com o que faço e foi eu que escolhi trabalhar nesse local.

Você é formada em Produção Musical pela Universidade Full Sail, na Flórida. Como é o processo de criação do seu trabalho, você se envolve em tudo?

Tenho parceiros/colegas que produzem batidas e, escolho a que gosto para compor já com a base. Estou superinteressada em produzir batidas também e gosto de me envolver em todo o processo das minhas músicas.

"Jodeci" é o terceiro single de sua carreira e chamou a atenção de Lexa e Gloria Groove. Qual seria seu feat dos sonhos, tanto nacional, quanto internacional?

Eu tenho muitos feats dos sonhos, mas Péricles e Kehlani são dois artistas que eu quero muito gravar uma parceria.

O clipe de “Jodeci” tem uma pegada dançante, qual foi sua inspiração?

Tive a ideia do vídeo ser uma festa porque queria mostrar como, às vezes, estamos muito mal, mas fingimos estar bem. A música é bem dançante, apesar da letra ser mais triste

Apesar de ser brasileira, você canta em inglês. Sua carreira já está focada para o público internacional ou quer gravar em português também?

Sim, quero gravar em português. Cantar em inglês se tornou muito natural pra mim. Por isso que meus singles até agora são em inglês.

O que seus pais falam do seu estilo musical e do andamento da carreira? Eles são corujas? Te apoiam bastante ou não se metem muito?

Meus pais me apoiam muito, sempre. Eles são minhas inspirações todos os dias. São eles que me mantêm focada, me dão dicas, me orientam, me conduzem de todas as formas, sem deixar de respeitar o que eu quero, a linha que escolhi.

Você voltaria a morar fixa no Brasil? Pra você qual a grande diferença entre os dois países?

Sim, mas não é o meu foco agora. Amo o Brasil, amo Salvador (Bahia), a energia, o clima, as pessoas. Por aqui também há muito o que se admirar nas pessoas, no clima e na energia do país. Me sinto feliz e honrada em poder desfrutar das duas perspectivas.

Qual o seu maior sonho como cantora?

Poder espalhar minha música e minha paixão para todo o mundo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos