Camila Cabello no Rock in Rio entrega pop caliente e arrisca no português

RIO DE JANEIRO, RJ, BRASIL, 10-09-2022: Show da cantora Camila Cabello, no palco Mundo, durante o terceiro dia do segundo final de semana do festival Rock in Rio, no Parque Olímpido, na zona oeste do Rio de Janeiro. (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)
RIO DE JANEIRO, RJ, BRASIL, 10-09-2022: Show da cantora Camila Cabello, no palco Mundo, durante o terceiro dia do segundo final de semana do festival Rock in Rio, no Parque Olímpido, na zona oeste do Rio de Janeiro. (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)

RIO DE JANEIRO, SP (FOLHAPRESS) - Em sua estreia no Rock in Rio, sob chuva, a cantora de ascendência cubana Camila Cabello combinou a simpatia da moça que desembarcou no Brasil mandando beijos e acenos aos fãs com sua sensualidade de "latin girl next door;' que mostra em seus clipes.

Funcionou -com o apoio, claro, de seu pop caliente, que brinca com alguma inventividade e esperteza com os clichês do gênero. A plateia reagiu bem tanto aos hits acumulados desde sua a estreia solo, há cinco anos, quanto às mais recentes de "Familia", álbum lançado em abril deste ano.

Quatro anos depois de seu até então último show no Brasil, Cabello entrou no palco Mundo às 22h20 deste sábado, com o dedilhado de violão de "Señorita", gravada originalmente em dueto com Shawn Mendes. Com sua silhueta recortada contra o fundo iluminado vermelho, ela fez uma versão mais dramática e afeita às arenas da canção.

Logo em seguida, porém, convidou para dança, povoando o palco de bailarinas em "She Loves Control". Ao fim saudou, misturando inglês e português quase sem sotaque "Rio, ai meu Deus". "I'm so happy to be here. Eu sou meio brasileira."