Câmeras com lentes macro devem ser tendência nos smartphones em 2020, revela feira

Galaxy S10 Lite

RESUMO DA NOTÍCIA

  • Feira de tecnologia CES mostrou celulares com lentes para fotografar detalhes de objetos ou pessoas, tendência para 2020.

  • Evento é o maior de tecnologia do mundo, realizado anualmente em Las Vegas.

As câmeras com lentes ultra-grande angulares – como a da câmera de ação GoPro –, que têm ângulo de captura de 120 graus em vez dos tradicionais 80 graus, em smartphones marcaram o ano de 2019 na tecnologia. Tanto celulares da Apple quanto da Samsung e da LG ganharam lentes desse tipo, por exemplo. Em 2020, revela a CES (Consumer Electronics Show), o maior evento de tecnologia do mundo, realizado anualmente em Las Vegas, há uma nova tendência em curso: as câmeras com lentes macro.

A informação foi publicada pelo portal Exame, que lembra que lentes desse tipo são usadas, em geral, para fotografar objetos de perto, a uma distância de 2 centímetros.

Leia também

A proposta é usar esse tipo de câmera para fotografar bonecos em miniatura ou para fazer fotos bem fechadas de qualquer pessoa ou produto. Lentes desse tipo para câmeras DSLR, semi-profissionais, podem custar mais de R$ 2 mil.

Os primeiros aparelhos com lentes macro chegaram ao mercado brasileiro no ano passado. O Motorola One Macro e o Xiaomi Redmi Note 8 Pro são dois modelos de gama intermediária-avançada que se enquadram no perfil de smartphones que chegarão ao país em maior número em 2020.

A sul-coreana Samsung, fabricante que mais vendeu smartphones no mundo em 2019, revelou na CES que seus novos aparelhos virão equipados com essa lente. No total, foram mostrados três modelos com lentes macro: o Galaxy S10 Lite, o Galaxy A51 e o Galaxy A71.

O primeiro é uma terceira versão do topo de linha Galaxy S10, lançado no ano passado, já os demais são os sucessores de produtos que integram a linha mais vendida da Samsung no Brasil.

Também os smartphones da Alcatel contarão com lentes macro de 2 megapixels em 2020. Os aparelhos são chamados Alcatel 1S e Alcatel 3L – este último se destaca por ter uma câmera traseira de 48 megapixels, mesmo sendo um produto para o segmento intermediário de celulares.

Não há previsão de lançamento dos novos smartphones no Brasil, por ora. Como a Samsung traz ao país a maior parte do portfólio de produtos que possui globalmente – o mercado brasileiro é um dos principais para a companhia sul-coreana –, em breve, o consumidor brasileiro terá a opção de contar com uma lente macro no seu próximo smartphone com sistema Android.