Calendário Pirelli coloca supermodelos de volta em primeiro plano na edição 2023

Modelo Bella Hadid no tapete vermelho do Festival de Cannes

(Reuters) - As modelos voltaram ao primeiro plano no calendário Pirelli 2023, revelado nesta quarta-feira, com grandes nomes da moda como Bella Hadid, Cara Delevingne e Karlie Kloss entre as fotografadas pela australiana Emma Summerton para a nova edição.

Com o título "Love Letters do the Muse" ("Cartas de Amor à Musa"), o calendário Pirelli 2023 apresenta apenas modelos, após uma mistura de atrizes, atletas, ativistas e outras celebridades nas edições mais recentes, que se afastaram dos ensaios do passado, que envolviam mulheres escassamente vestidas e migraram para temas mais artísticos.

Summerton fotografou 14 modelos para a 49ª edição do calendário, conhecido com "The Cal", cada uma delas em um cenário onírico representando diferentes musas que, segundo a Pirelli, elas têm alguma afinidade.

A programadora Kloss interpreta a "A Sábia em Tecnologia", enquanto Delevingne, que também é atriz, é "A Artista".

Emily Ratajkowski, que publicou no ano passado uma coletânea de ensaios, é a "A Escritora", e a modelo e atleta Lauren Wasser, que teve as duas pernas amputadas após contrair a síndrome do choque tóxico, é "A Atleta".

"Para o calendário, eu quis voltar à raíz etimológica da palavra 'musa'. A musa representava originalmente a fonte, não apenas inspirando, mas também possuindo talentos em literatura, ciência e artes", disse a fotógrafa em nota.

Entre outras modelos fotografadas para a edição 2023 estão Ashley Graham, He Cong, Precious Lee, Lila Moss e Adut Akech.

Publicado pela primeira vez nos anos 1960s, o calendário Pirelli tem edição limitada e normalmente é oferecido como presente aos clientes da fabricante italiana de pneus.

(Reportagem de Marie-Louise Gumuchian)