Caixa vai abrir 762 agências neste sábado para nascidos em agosto e setembro sacarem o auxílio emergencial

Extra
·2 minuto de leitura
Foto: Marcelo Camargo

A Caixa Econômica Federal vai abrir 762 agências em todo o país, neste sábado (dia 28), para o pagamento de parcelas do auxílio emergencial. Desta vez, a retirada do benefício em espécie será liberada para 7,3 milhões de trabalhadores nascidos em agosto e setembro, que receberam o dinheiro em suas contas poupanças sociais digitais em 21 e 25 de outubro, respectivamente (pagamentos do ciclo 3) ou em 13 e 15 de novembro (depósitos do ciclo 4).

Até agora, a quantia podia ser movimentada pelo aplicativo Caixa Tem, para o pagamento de contas (como as de água, luz, telefone e gás) e de compras feitas em lojas farmácias e supermercados (via cartão de débito gerado na hora ou QR Code, aproximando o celular da maquininha do estabelecimento comercial). Agora, o saque será liberado, assim como a possibilidade de transferência bancária.

Ao todo, serão pagos R$ 6,1 bilhões. Desse total, R$ 2,6 bilhões são referentes a parcelas de R$ 600. O restante — R$ 3,5 bilhões — refere-se a cotas da extensão de R$ 300.

A relação das agências que estarão abertas neste sábado pode ser conferida no site www.caixa.gov.br/agenciasabado.

Esses trabalhadores são informais, autônomos, desempregados sem seguro-desemprego, microempreendedores individuais (MEIs) e inscritos no Cadastro Único sem direito a Bolsa Família. Eles se inscreveram pelo aplicativo Caixa / Auxílio Emergencial, pelo site da Caixa e pelos Correios.

Eles ainda vão receber uma parcela de R$ 600 ou uma cota da extensão de R$ 300. Tudo vai depender de quando começaram a receber o pagamento da Caixa Econômica Federal.

Depósito feito no domingo

Neste domingo (dia 29), a Caixa vai depositar novas parcelas do benefício para os trabalhadores nascidos em maio. A retirada, no entanto, somente será possível para este grupo a partir do dia 11 de janeiro.

Já os beneficiários do Bolsa Família só terão o calendário de pagamentos retomado e encerrado na segunda-feira (dia 30), com o pagamento daqueles que têm Número de Identificação Social (NIS) de final 0.