Caio Castro abre o jogo sobre falhar na ‘hora H’: ‘Às vezes não rola’

Caio Castro © Instagram credit:Bang Showbiz
Caio Castro © Instagram credit:Bang Showbiz

Caio Castro deu o seu ponto de vista sobre ‘brochar’ na hora do sexo.

Sem tabus, o ator concedeu um bate-papo descontraído para o podcast ‘Sua Brother’ onde falou com sinceridade o que pensa sobre a disfunção erétil que pode ocorrer durante uma relação. Segundo ele, pode estar relacionada à falta de ‘troca’ entre os parceiros, principalmente no início da vida sexual.

‘’Se você é novo, não tem como saber exatamente onde são os lugares certos que as mulheres gostam de ser tocadas. Não tem tempo de vida útil para saber o que você gosta de receber de uma mulher ou de um homem... Aí, a gente fica ansioso, fica tenso. E às vezes não rola, não tem troca suficiente para ter tesão, ter uma troca sexual”, explicou.

Caio Castro, ainda, citou as situações em que a falta de compreensão pode atrapalhar no processo, pois pode envolver questões de ‘insegurança’ para uma das partes.

‘’É óbvio que a gente entra mais nessa questão [da disfunção erétil] com um amigo ou com a gente mesmo, mas tem um grupo, tem uma parcela das meninas que não ajuda, que faz questão de falar tipo: 'E aí, meu?', 'Nossa!'. Dá vontade de falar: 'Quantos anos você tem?'. Na maioria dos casos, a 'brochada' está mais relacionada com inseguranças e incertezas na troca com o parceiro’’, analisou o galã.