Cai fiscalização ao trabalho infantil no governo Bolsonaro

Cai fiscalização ao trabalho infantil no governo Bolsonaro

RESUMO DA NOTÍCIA

  • Dados da Secretaria de Trabalho, subordinada ao Ministério da Economia, apontam que o combate ao trabalho infantil caiu no governo Bolsonaro.

  • Número de fiscalizações caiu de 724 para 629 entre 2018 e 2019, ano em que Bolsonao defendeu o “valor” do trabalho infantil.

Dados da Secretaria de Trabalho, subordinada ao Ministério da Economia, apontam que o combate ao trabalho infantil caiu no governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

E nos siga no Google News:

Yahoo Notícias | Yahoo Finanças | Yahoo Esportes | Yahoo Vida e Estilo

Ao todo, em 2019, foram feitas 629 fiscalizações com constatação de trabalho infantil. 516 empresas foram alvo de fiscalização, e 9.943 autos de infração foram emitidos.

Leia também

Em 2018, por sua vez, os três indicadores haviam sido melhores: 724 fiscalizações com constatação de trabalho infantil, 565 empresas fiscalizadas, e 10.532 autos de infração lavrados.

As informações foram divulgadas pelo blog do jornalista Guilherme Amado, na revista Época.

O blog destacou que, em 2017, os resultados também foram mais efetivos, com 928 ações fiscais.

Ano passado, em seu primeiro ano de governo, em julho, Bolsonaro defendeu o "valor" do trabalho infantil.

Procurada, a Secretaria de Trabalho afirmou que os dados publicados em seu site oficial têm "inconsistências". Mesmo assim, o órgão não forneceu as estatísticas que seriam corretas.