Cafu é investigado por suposta ligação com o PCC

MILAN, ITALY - SEPTEMBER 23: Cafu attends The Best FIFA Football Awards 2019 at the Teatro Alla Scala on September 23, 2019 in Milan, Italy. (Photo by Claudio Villa/Getty Images)

Um relatório da Polícia Civil de São Paulo indica registros de repasses de dinheiro feitos pelo PCC (Primeiro Comando da Capital) a Cafu. Com isso, o ex-jogador se torna alvo de uma investigação. A informação foi publicada pela revista “Veja”.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM

A suspeita é de que a organização teria comprado um terreno em Alphaville, na cidade de Barueri, que pertencia a Cafu. O valor dos depósitos, no entanto, não foi divulgado.

Leia também:

Os registros foram encontrados no celular de Décio Gouveia Luiz, o Décio Português, uma das principais lideranças do PCC. Antes de ser preso, ele era responsável pela contabilidade da organização.

Recentemente, Cafu perdeu seu filho mais velho. Danilo, de apenas 30 anos, sofreu uma parada cardíaca no início de setembro e não resistiu.

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter