Caetano Veloso e outros artistas gravam vídeo pedindo reforma agrária e apoiando o MST

MÔNICA BERGAMO
·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Artistas como Caetano Veloso, Camila Pitanga, Letícia Sabatella e Bela Gil se manifestaram em apoio à reforma agrária em vídeo que lembra os 25 anos do conflito de Eldorado dos Carajás, em que 19 sem-terra foram mortos após operação da Polícia Militar. "Agora, mais do que nunca, precisamos de uma reforma agrária popular", afirma Veloso no vídeo. "O Brasil sofrerá de escassez de alimentos, e é fundamental fortalecermos a agricultura familiar." O material foi produzido pelos grupo 342 Artes e pela Mídia Ninja e chama a atenção para o problema da fome no país. "Vivemos dias duros com a pandemia do Covid-19, e milhares de mortes poderiam ser evitadas com condutas adequadas como vacinas e distanciamento social", afirma o ator Caco Ciocler. "Mas nosso país também enfrenta outra pandemia muito grave: a da fome", complementa o ator Enrique Diaz, que é seguido da atriz Camila Pitanga. "No Brasil, 19 milhões de pessoas passam fome." O MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) promove anualmente neste mês o "abril vermelho", em que geralmente ocupa propriedades públicas para simbolizar a sua luta. Em meio à epidemia de Covid-19, porém, o grupo decidiu incentivar os assentados a aderirem ao que chama de “Parada pela Vida”, sugerindo às pessoas que saiam o mínimo possível de suas propriedades