Caderno que detalha julgamento de Johnny Depp e Amber Heard será leiloado por R$ 70 mil

Johnny Depp, Amber Heard e o caderno do julgamento. Foto: Getty Images/Ebay
Johnny Depp, Amber Heard e o caderno do julgamento. Foto: Getty Images/Ebay

Resumo da notícia:

  • Informações do julgamento de Johnny Depp e Amber Heard foram registradas em um caderno

  • Material com detalhes anotados por homem que assistiu à disputa será leiloado por R$ 70 mil

  • Lance final será doado para o Hospital Infantil de Los Angeles

Um espectador do julgamento de Johnny Depp e Amber Heard decidiu leiloar no Ebay os registros de detalhes da disputa acompanhada presencialmente pelo rapaz. De acordo com o TMZ, Larry Foreman viajou de Kentucky ao Tribunal do Condado de Fairfax, na Virgínia, nos Estados Unidos, para testemunhar a audiência.

Ele anotou todas as observações pessoais apenas para memórias próprias, mas o material acabou tendo outro rumo. Inclusive, Foreman iria participar de apenas um dia do julgamento, mas foi convencido pelos amigos para a voltar nos outros dias e continuar escrevendo o que notava na ocasião.

Com cerca de 20 páginas diárias, o caderno contém a cobertura entre os dias 23 e 26 do processo. Segundo o homem, os registros mostram além do que foi dito no tribunal e o que as câmeras puderam registrar, o que inclui a reação dos jurados.

Atualmente, o lance é de US$ 14,4 mil, o que equivale a cerca de R$ 70 mil, mas o valor pode ser alterado até o lance final, que será doado para o Hospital Infantil de Los Angeles por estar relacionado ao caso.

Vale lembrar que o júri considerou que Amber Heard difamou o ex-marido Johnny Depp em texto opinativo, publicado por ela em dezembro de 2018, no qual a atriz fez uma declaração sobre abusos domésticos.

Depois de vencer a batalha judicial, Johnny Depp receberá da ex-companheira mais de 10 milhões de dólares - R$ 48 milhões na cotação atual. Por sua vez, o astro também indenizará a famosa em 2 milhões de dólares - quase R$ 10 milhões.

Entenda o polêmico caso de Johnny Depp e Amber Heard

Johnny Depp processou Amber Heard por difamação em um processo de US$ 50 milhões. A ação foi motivada por um artigo que ela escreveu para o "The Washington Post" em 2018, no qual se descreveu como uma "figura pública que representa abuso doméstico".

Embora Depp não tenha sido citado no artigo, o astro afirmou que isso lhe custou papéis lucrativos no cinema. Heard, então, contra-processou o ex-marido, com um pedido de US$ 100 milhões por causa das declarações que o advogado dele fez sobre suas alegações de abuso.

O casal se conheceu em 2011 enquanto filmava "Diário de um Jornalista Bêbado", e se casou em 2015. O divórcio foi finalizado cerca de dois anos depois.