Cadela entra em ambulância e se recusa a deixar morador de rua sozinho

Reprodução

Um morador de rua sofreu uma crise convulsiva em Sobradinho (DF) e, mesmo enquanto era socorrido e levado a um hospital, ficou sob os olhares preocupados de sua cadela.

E nos siga no Google News:

Yahoo Notícias | Yahoo Finanças | Yahoo Esportes | Yahoo Vida e Estilo

Ela não abandonou o amigo em nenhum momento. Segundo o Corpo de Bombeiros do Distrito Federal, o homem foi encontrado caído no estacionamento do fórum da cidade. Ali, a equipe percebeu que o resgate era observado pela cadela.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Quando o homem foi colocado na ambulância, ela não hesitou e embarcou também. Em seguida, deitou ao lado da maca.

Os bombeiros dizem que a equipe permitiu a permanência do animal na Unidade de Resgate devido à necessidade de remoção do paciente e a tranquilidade da cadela.

Para a corporação, não havia condição de retirar o animal sem prejudicar o atendimento, já que aguardar outra equipe implicaria demora e provocaria mais desconforto ao homem.

A cadela não pôde entrar no hospital, mas, de acordo com a equipe de socorro, ela ficou aguardando pelo amigo na porta.

O Corpo de Bombeiros informou que o veículo passou por rigoroso processo de assepsia antes de ser reintegrado à frota de socorro.

Da FOLHAPRESS