Cachorros de Lady Gaga são devolvidos ilesos após roubo nos Estados Unidos

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Após dois dias de tensão, os buldogues franceses da cantora Lady Gaga, 34, foram devolvidos nesta sexta-feira (26). Eles foram roubados em Los Angeles na noite de quarta-feira (24), quando estavam sob os cuidados de um passeador de cães que foi alvejado no peito durante a ação. Ryan Fischer, 30, passeava com os três cachorros da artista: Koji, Gustav e Miss Asia. Os dois primeiros foram roubados, mas Miss Asia correu e foi recuperada em seguida. Gaga logo divulgou que daria uma recompensa de R$ 2,7 milhões pela devolução dos animais. Segundo o site TMZ, uma mulher encontrou os cachorros e os entregou ilesos em uma estação de polícia da cidade. Ainda não se sabe, no entanto, se ela receberá a quantia. Fontes próximas à cantora afirmaram que ela, que está na Itália para a gravação de um filme, chorou de emoção ao saber da notícia. A polícia continua investigando as motivações no crime e os responsáveis ainda não foram encontrados. Até o FBI entrou no caso para investigar se o ato teria cunho político, uma vez que a americana cantou o hino americano na posse de Joe Biden e se mostrou favorável ao seu governo nas eleições. Apesar de o DailyMail ter noticiado que o estado do passeador dos cães era grave, a família divulgou um comunicado à imprensa para informar que médicos acreditam que ele se recuperará totalmente.