Cássia Kis e âncora da GloboNews brigam no WhatsApp por mensagens sobre política

***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 31.01.2019 - A atriz Cássia Kis, apoiadora do presidente Bolsonaro. (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 31.01.2019 - A atriz Cássia Kis, apoiadora do presidente Bolsonaro. (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A atriz Cássia Kis, 64, e a apresentadora da GloboNews Leilane Neubarth, 63, brigaram após conversas pelo WhatsApp. A jornalista teria pedido para a artista -assumidamente apoiadora de Jair Bolsonaro (PL)- parar de enviar mensagens de cunho político, mas o pedido não foi atendido.

Segundo o site Notícias da TV, a atriz, que está no ar em "Travessia", teria ainda criticado a Globo e os colegas da âncora, que a bloqueou no aplicativo de mensagens. A briga voltou à tona após uma polêmica entrevista de Kis ao canal do YouTube de Leda Nagle, em que ela fez declarações homofóbicas.

O desentendimento teria começado no início do ano, quando a atriz passou a enviar mensagens de cunho eleitoral para Leilane. Incomodada, a jornalista pediu para que, em respeito à amizade das duas, Kis parasse de enviar os conteúdos em seu WhatsApp.

A artista teria desdenhado do pedido da então amiga, e continuou enviando mensagens defendendo o atual presidente do país e disse que a jornalista poderia bloqueá-la se quisesse. A última interação das duas teria sido dias após as sabatinas realizadas pelo Jornal Nacional, ainda no primeiro turno das eleições, quando Kis ofendeu colegas de trabalho da jornalista e a Globo.

Neubarth teria optado então por retirar a atriz de seus contatos, após pedidos de respeito à amizade. As duas se tornaram amigas após realizarem um curso de meditação na casa da jornalista. Ambas conversavam frequentemente e mantinham contato. Em seu perfil oficial do Twitter, Leilane comentou o desentendimento relatado.

"Sou time Leilane", escreveu a atriz e diretora Mika Lins. A jornalista respondeu com um emoji de punho fechado e outro mandando um beijo. Outra internauta ainda respondeu a matéria dizendo: "Me impressionou a paciência da Leilane com essa mocreia". A âncora respondeu: "Não podemos nos igualar a pessoas que têm palavras e ações desequilibradas."