Bryce Dallas Howard diz que recebeu menos que Chris Pratt em "Jurassic World"

Bryce Dallas Howard e Chris Pratt pré-estreia de
Bryce Dallas Howard e Chris Pratt pré-estreia de "Jurassic World Domínio", promovida pela Universal Pictures, em junho de 2022 em Los Angeles, Califórnia. (Foto: Emma McIntyre/WireImage)

A atriz Bryce Dallas Howard revelou que recebeu “muito menos” que Chris Pratt para estrelar a franquia cinematográfica “Jurassic World”. A diferença se manteve até que o astro se posicionou a favor da atriz diante da Universal Pictures.

Em 2018, a revista ”Variety” divulgou a lista anual com os artistas mais bem pagos de Hollywood. Os dados apontavam que Bryce recebeu US$ 2 milhões (aproximadamente R$ 10 milhões na cotação atual) a menos do que Chris Pratt em “Jurassic World: Reino Ameaçado” (2018), segundo filme da nova trilogia.

Entretanto, a atriz contou em entrevista ao “Insider”, que o valor que recebeu não correspondia ao número apresentado no documento. Ela não informou o número exato do salário, mas apontou que havia uma disparidade salarial muito maior do que o público estava ciente. “Os relatórios foram tão interessantes porque recebi muito menos do que os relatórios diziam, muito menos”, desabafou.

“Quando eu comecei a negociar para ‘Jurassic [World’], era 2014, e era um mundo diferente, e eu estava em grande desvantagem. E, infelizmente, você tem que assinar três filmes, e assim seus acordos estão definidos”, relatou Howard.

Apesar do conflito inicial, ela diz que Pratt esteve ao seu lado para que eles recebessem o mesmo salário. “O que eu vou dizer é que Chris e eu discutimos isso, e sempre que havia uma oportunidade para mexer em coisas que ainda não haviam sido negociadas, como um jogo ou uma atração de parque temático, ele literalmente me disse: ‘Você não. Eu vou fazer toda a negociação. Nós vamos receber o mesmo, e você não precisa pensar sobre isso, Bryce'”, garantiu.

A artista também elogiou a atitude do astro de “Guardiões da Galáxia” (2014) e afirmou que a atitude surtiu efeito. “Eu o amo muito por fazer isso. Eu realmente amo, porque fui paga mais por esse tipo de coisa do que pelo filme”, completou.