Irmão de Lucas Santos agradece apoio: “Perdi parte de mim”

·2 minuto de leitura
Bruno Santos (à direita) é o irmão mais velho de Lucas Santos (reprodução / instagram @walkyriasantos)
Bruno Santos (à direita) é o irmão mais velho de Lucas Santos (reprodução / instagram @walkyriasantos)

O cantor Bruno Santos, irmão do jovem Lucas Santos que cometeu suicídio após uma serie de ataques homofóbicos após publicar um vídeo no Tiktok, agradeceu ao apoio dos seguidores e as mensagens de condolências através de sua conta nas redes sociais.

“Obrigado a todos que estão me dando força. Ainda não tenho cabeça para responder vocês, mas agradeço demais a cada um que tirou um tempinho para me mandar mensagem”, escreveu o rapaz.

Leia também:

Em uma série de vídeos, o irmão mais velho do jovem falou sobre o que o levou seu irmão a se matar. “A internet é um ambiente doentio e podre. Cheio de pessoas que se acham no direito de julgar o outro, apontar, decidir se isso é certo ou não”, comentou.

O filho mais velho de Walkyria Santos continuou: “Ainda sem acreditar em tudo isso. Perdi uma parte de mim, que nunca mais vai voltar. Por causa do ódio gratuito nas redes, meu irmão se foi, por causa de pessoas que se acham no direito de julgar e apontar, ele se foi”, lamentou.

“Isso não é um jogo, gente. Isso é a porra da vida real. E eu, simplesmente, não consigo entender de onde vem tanto ódio. O meu irmão se foi. Mas ele não tirou a própria vida, não. A internet o matou. Comentários de ódio mataram ele. Os juízes da internet mataram ele", apontou Bruno.

O músico ainda ressaltou que não sabe como irá se recuperar. “O que nos falta é mais amor. Meu coração está em pedaços e não sei como vou colar de novo. Eu te amo, meu irmãozinho. Que Deus te guarde no melhor lugar, ao lado dele. Estarei aqui te dando orgulho, porque sei que você está assistindo a tudo daí de cima", desejou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos