Bruno Gagliasso responde internautas e ressalta: “Fora Genocida”

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Reprodução Instagram (Instagram )
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Pai coruja, Bruno Gagliasso, 39, tem dividido o seu tempo entre Madri e Lisboa. O ator está envolvido em uma nova série da Netflix, mas encontrou um jeito de ficar perto da família levando todos para morar na Europa, enquanto trabalha. Segundo o ator, a viagem de um país para o outro, leva cerca de 45 minutos de voo ou cinco horas de carro.

Para interagir com os fãs brasileiros, na tarde desta segunda-feira (21) ele abriu uma caixinha de perguntas no story do Instagram e começou a responder. “Nossa família tem cidadania portuguesa, então estamos curtindo muito essa nova fase”, respondeu o pai de Titi que pretende ficar no país até setembro.

Leia também:

Já na volta pra casa, “Queremos muito passar uma temporada grande no nosso rancho que estamos construindo”, contou o ator que desde 2016 está envolvido com esse projeto. Aproveitando bem a cidade de Madrid, Bruno deu dicas de como conhecer a gastronomia local. “Mesmo pra mim que estou de dieta”, brincou.

Crítico do governo Bolsonaro, um internauta perguntou se, hoje, ele já havia dito ‘Fora Bolsonaro’ e ele respondeu: “FORA GENOCIDA” e, também compartilhou “500 mil brasileiros mortos é sobre um basta na política de morte que nos impuseram. É sobre um freio no negacionismo que nos tirou a vacinação em tempo recorde. É sobre FORA BOLSONARO e suas asseclas incompetentes”, disse.

Sobre cinema, envolvido no filme ‘Marighella’ de Wagner Moura, que conta os últimos anos de vida de Carlos Marighella, guerrilheiro e líder contra a ditadura militar, o ator acredita que até o final do ano ele deve ser lançado. “Se tudo ocorrer bem, no final deste ano”, respondeu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos