“Eles serão ouvidos, acolhidos e respeitados”, diz Bruno sobre orientação sexual dos filhos

·2 minuto de leitura
Reprodução Instagram

O colorido tomou conta das redes sociais e para comemorar O Dia Internacional do Orgulho LGBTQAP+, vários artistas usaram a internet para expressar a importância do respeito à diversidade. Bruno Gagliasso foi um deles. Pai de três crianças, Titi, de 8 anos, Bless, de 6 anos, e Zyan, o caçula da família com um ano e onze meses, o ator é a favor do amor entre as pessoas, seja ela do mesmo sexo ou não.

“Eu ainda não sei o que os meus filhos vão querer fazer, quem eles vão querer amar, quais serão os seus desejos. Eles são crianças e essa conversa vai rolar com o passar dos anos. A única coisa que tenho certeza é que eles serão ouvidos, acolhidos e respeitados, independente de suas escolhas e vivências. E que lutarei para que o mundo faça o mesmo”.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Leia também:

“Este dia, onde celebramos o #OrgulhoLGBT, fala sobre a resistência de pessoas que sofrem preconceito por serem quem são. Mas também fala sobre nós, pais e mães, pessoas heterossexuais, sobre nossas relações e conversas com nossos filhos. Aproveite a data e reflita sobre como você age sobre esse tema. Reveja expressões carregadas de homofobia”.

“Repense como você lida com a afetividade do outro, e como seus filhos entendem o amor. Crie adultos livres de preconceito e faça a diferença pro mundo. A gente tá vivendo um período muito duro, mas pode mudar isso. Basta o amor nos guiar. #loveislove #pride. Outros defensores da causa, como Débora Falabella, Zezé Motta, Jéssica Ellen, Caco Ciocler, Mariana Lima, também se manifestaram contra a intolerância e o preconceito, e celebraram a vida”, escreveu.

Outros famosos também se manifestaram, o autor Walcyr Carrasco escreveu: “Em um país onde ainda existem tantos preconceitos e tantas barreiras, é preciso se posicionar sempre! No dia em que comemoramos o respeito, à diversidade e a liberdade, resolvi relembrar os personagens icônicos que ajudam a tantos LGBTQIAP+ a não se sentirem tão sozinhos e excluídos de uma sociedade formatada em cima de preconceito e exclusão”.

A atriz Samara Felippo postou uma foto de sua filha usando a bandeira do movimento. “Dia do orgulho LGBTQIAP+. Chega de intolerância e ódio. É repetir o óbvio. É humano. É direito se amar quem quer. Minhas filhas desde sempre aprenderam que somos plurais e livres. Viva o amor”, disse.

Patrícia Pillar falou sobre respeito e liberdade. “Seja qual for a letra, RESPEITE! Tudo isso é sobre amor e liberdade”, escreveu a atriz. Influência na comunidade LGBTQIAP+, a cantora Wanessa, também expressou seu amor. “Feliz Dia Internacional do Orgulho LGBTQIAP+. Que no ano que vem possamos estar juntos e reunidos para celebrarmos o amor e alegria de ser! Serei para sempre uma aliada na luta por direitos iguais! Sigamos firmes e fortes”. Letícia Colin compartilhou a seguinte mensagem: “Para, respira e vira essa chave agora. Amor, minha gente, é amor. Poderoso e simples assim”.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos