Bruno Gagliasso e Wagner Moura lançam música contra Jair Bolsonaro

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um grupo de artistas com os atores Bruno Gagliasso e Wagner Moura, além dos cantores Lenine e Zélia Duncan, se reuniram para produzir uma música contra a candidatura do presidente Jair Bolsonaro, do Partido Liberal, à reeleição.

O clipe, batizado de "Hino ao Inominável", foi lançado no YouTube neste sábado (17). A composição é de Carlos Rennó, e a melodia, de Chico Brown e Pedro Luís. A montagem tem 13 minutos e foi gravada entre julho e agosto em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Ao todo, são 202 versos, além do refrão, que resgatam declarações polêmicas de Bolsonaro sobre temas como racismo, ditadura, tortura, educação e meio ambiente. Também fizeram parte do manifesto Caio Prado, do trio Não Recomendados, Marina Íris, Chico César e Leci Brandão.

As eleições de 2022 incendeiam as redes sociais de artistas e celebridades. Estrelas de funk, pop, samba, rap e MPB estão em sua maioria com Lula, o candidato do PT, enquanto Bolsonaro é bem aceito no gênero mais ouvido do país, o sertanejo.