Bruno Gagliasso diz ter sido hackeado após compartilhamento de vídeo pornô

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, BRASIL, 03/02/2019 - o ator Bruno Gagliasso durante abertura da exposicao
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, BRASIL, 03/02/2019 - o ator Bruno Gagliasso durante abertura da exposicao

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O perfil do ator Bruno Gagliasso, 39, compartilhou um vídeo de pornô gay no Twitter, na tarde desta sexta-feira (20). Minutos depois ele apagou a publicação e disse que foi hackeado, mas que tudo estava sob controle.

Mesmo assim, o ator foi parar nos assuntos mais comentados da rede e internautas fizeram comentários. Uma mulher pediu para Gagliasso compartilhar novamente o vídeo porque ela não viu. Outra gostou e disse: "E eu achei a escolha dos vídeos de extremo bom gosto".

Um internauta compartilhou fotos do tuíte do perfil do ator para todos entenderem o que aconteceu. Uma internauta pediu para Gagliasso compartilhar o link. "Manda o link do vídeo que eu cheguei agora e perdi a postagem, por favor".

A situação também rendeu piadas dos internautas. Um deles compartilhou um vídeo de humor de Gagliasso com Paulo Gustavo interpretando uma entrevistadora que chama o ator de viado. Outra pessoa publicou uma montagem dos participantes do Big Brother Brasil 21 abismados assistindo um vídeo.

Teve ainda quem não gosta das posições políticas do ator que aproveitou para fazer críticas. "Além de comunista, ele é guloso. Danada", escreveu um internauta.

Outra pessoa trouxe à tona novamente o assunto do "surubão de Noronha", boato que circulou em 2020 e que foi negado pelo ator. A história rendeu assunto nas redes sociais e o próprio Gagliasso acabou fazendo piada na época. " Surubão de Noronha?", perguntou uma pessoa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos