Bruno Gagliasso diz que seu papel em 'Marighella' foi o mais difícil da carreira

·1 min de leitura
Bruno Gagliasso - Reprodução Instagram credit:Bang Showbiz
Bruno Gagliasso - Reprodução Instagram credit:Bang Showbiz

Bruno Gagliasso contou em seu Instagram que o personagem Lúcio no filme 'Marighella' foi "o mais delicado de construir, o que mais mexeu comigo”.

O ator interpretou o papel de um racista autoritário na obra dirigida por Wagner Moura, que estreou no último dia 4 nos cinemas brasileiros, e contou que foi um processo muito doloroso. “Faço um sujeito execrável, a personificação do racismo, do autoritarismo, da falta de humanidade. E doeu demais encontrar essa pessoa em mim.”

Gagliasso cita ainda que o trabalho extrapolou a esfera de ator e teve uma síncope após gravar a cena em que tortura o personagem Jorge, além de “uma crise de ansiedade por conta de tudo aquilo”. Ele completou: “O clima no set, a direção do Wagner, a história real do Brasil ali na minha frente, as falas que saiam da minha boca, tudo isso mexeu muito comigo, que extrapolou o ator.”

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos