Bruno Gagliasso compara Bolsonaro com atores que não decoram texto

·1 minuto de leitura
Bruno Gagliasso voltou a criticar o presidente (Foto: Reprodução/Instagram)
Bruno Gagliasso voltou a criticar o presidente (Foto: Reprodução/Instagram)

Bruno Gagliasso sempre critica Jair Bolsonaro (sem partido). Nesta sexta-feira (9), o ator foi longe e comparou o presidente com colegas que não decoram texto. Ele falou sobre isso após o youtuber Felipe Neto compartilhar um vídeo de Bolsonaro tentando provar que houve fraude nas eleições de 2014.

"Agora eu entendi a fraude, poxa... A fraude tá no TSE, cara coroa cara coroa, as curvas se cruzam, 271 minutos, 271 vezes, quase a quantidade de átomos na terra. Plana, claro", ironizou Bruno, repetindo partes do discurso do presidente. "Parece colega que não decora texto. Vai Bolsonaro, é a cena da fraude. A deixa é átomo", completou, aos risos.

Leia também:

No vídeo compartilhado por Felipe Neto e Bruno Gagliasso, Bolsonaro fala sobre a apuração dos votos de 2014 de forma muito confusa. "Começou Aécio Neves lá em cima e Dilma lá embaixo. Com o tempo, essas curvas foram se cruzando até que se estabilizaram na horizontal com Dilma na frente. Agora, o minuto a minuto, por 271 vezes consecutivas, dá pra imaginar? 271 minutos. Dá quatro horas e pouco. Depois que as curvas se tocaram, ou melhor, momentos antes das curvas se tocarem, era Dilma ganhou, Aécio ganhou, Dilma ganhou, Aécio ganhou", disse o presidente.

Outros famosos também "riram para não chorar" com o vídeo do presidente. Recentemente, após o representante de uma empresa que ofereceu vacinas ao Ministério da Saúde dizer que recebeu um pedido de propina para fechar contrato, muitos se manifestaram nas redes sociais pedindo o impeachment. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos