Bruna Linzmeyer diz que não é mais tão xingada quanto antes por ser gay

·1 minuto de leitura
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP: Atriz e modelo Bruna Linsmeyer durante evento da Marie Claire e Quem, em São Paulo. (Foto: Mathilde Missioneiro/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP: Atriz e modelo Bruna Linsmeyer durante evento da Marie Claire e Quem, em São Paulo. (Foto: Mathilde Missioneiro/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A atriz Bruna Linzmeyer, 27, revelou durante uma live que imagina ter adquirido um respeito maior das pessoas. Segundo ela, hoje em dia é menos difícil se mostrar e se assumir gay nas redes sociais.

"Acho que eu já conquistei um lugar de respeito que as pessoas não me xingam tanto quanto me xingavam há alguns anos", disse ela. Atualmente, a atriz namora a DJ Marta Supernova. As duas estão namorando desde abril de 2020 e passam a quarentena juntas.

Bruna Linzmeyer terminou o relacionamento de três anos com Priscila Fiszman, em outubro de 2019. Mesmo assim, ela conta que ainda é possível ver pessoas sendo agressivas com relação à sua sexualidade.

"Ainda existe uma tentativa de me agredir dizendo que o que eu vivo não é normal. E será que eu quero ser normal? O que é ser normal? Você achar anormal duas mulheres juntas, se amando? Então não sei se quero ser normal. Esses deslocamentos de linguagem, de como a gente vê as coisas me interessa muito", comentou.

Segundo ela, seu atual relacionamento está indo muito bem. "Estamos juntas há alguns meses. Foi acontecendo e foi muito confortável para a gente. A gente se cuida. A gente trabalha muito bem juntas, conversa sobre os nossos trabalhos", disse.

Atualmente, Bruna pode ser vista na reprise da novela da Globo "A Força do Querer" na pele de Cibele. No papo, também relembrou que nunca havia tido uma trama reprisada.

"Fiquei muito feliz. Cibele é um caos, mas eu estou adorando rever. Gosto da novela como um todo, gosto do meu trabalho e acho que a novela trouxe temas muitos legais", comentou.