Bruna Linzmeyer aparece sem depilação em revista: 'Perdi contratos por me assumir lésbica'

Bruna Linzmeyer na capa da revista Marie Claire de janeiro (Foto: Reprodução/ Bruna Castanheira)

Desde que iniciou o namoro com a artista plástica Priscila Visman, em 2016, a Bruna Linzmeyer virou uma referência no meio artístico para movimentos feministas e LGBT.  Mas a atriz sabe que ter assumido a homossexualidade fechou algumas portas a ela.

Leia mais: Em 2018, alguns famosos ficaram marcados pelo machismo

Em entrevista na edição de janeiro da revista Marie Claire, Bruna afirma que não se arrepende de nada. “Claro que perdi contratos por me assumir lésbica, mas também ganhei novas oportunidades. Ou me assumia e vivia a minha vida, ou tinha um câncer, tinha depressão. Adoecia. A minha sorte é que, por outro lado, me posicionar aproximou de mim marcas que pensam como eu, que acreditam que o exercício da liberdade é valioso.”

 

A atriz também trouxe outro debate na capa da publicação: na foto, Bruna aparece com as axilas sem depilação. “Me depilei durante muito tempo. Ter pelos já foi estranho para mim. Hoje, acho estranho uma mulher não os ter. E mais: acho sexy quando uma mulher tem e acho sexy em mim”, contou.

Atualmente, Bruna Linzmeyer está no ar com a novela O Sétimo Guardião. Em 2018, ela estrelou dois filmes – e possui mais dois programados para 2019.

Assista a seguir: Quem saiu do armário em 2018?