Britney Spears volta a atacar família após irmã falar dela em reality

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Britney Spears voltou a atacar a família nas redes sociais após a irmã, a atriz Jamie Lynn Spears, 31, dizer chorando que viveu o drama de crescer à sombra da cantora famosa mundialmente e sentir que não tem suas próprias realizações.

As declarações de Jamie sobre Britney foram feitas durante o episódio de estreia do reality "Special Forces: World's Toughest Test", que reúne celebridades em desafios liderados por ex-militares. "Sou tão orgulhosa dela, a amo até a morte... Não sei, às vezes sinto que não tenho nada para mim", disse Jamie Lynn.

Britney não gostou nem um pouco da irmã falar dela no reality. "Vamos dizer que foi difícil ser minha irmã? Verdade?", questionou a cantora pop, que não fala com os familiares devido a tutela de 13 anos do pai, Jamie Spears, que controlava a vida pessoal, carreira e financeira da cantora com o total apoio da mãe Lynne e dos irmãos. Jamie Lynn chegou a ser curadora dos bens de Britney.

A cantora compartilhou também fotos das costas para falar dos danos que sofreu nos nervos durante o tempo da tutela. "Aqui estão as fotos do que os danos nos nervos podem causar ... que eu tenho do lado direito do meu corpo e fica dormente todas as noites !!! Não é uma história de vítima ou choro porque nunca fui grande coisa", escreveu a cantora.

Britney falou que ficou sentada dez horas por dia em uma cadeira durante quatro meses -se referindo a internação em uma clínica de saúde mental. "Eles me machucaram e nada foi feito, exceto que eu perdi 15 anos da minha vida com minha família sendo dona do meu nome, submetida a ser um anjo enquanto meu pai tem cinco mulheres", disse a diva pop.