Britney Spears sugere que filho está mais interessado no seu dinheiro

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A cantora Britney Spears, 40, respondeu nesta segunda-feira (5) em um áudio postado no Instagram aos comentários feitos pelo filho Jayden James, 15, em uma entrevista recente ao programa 60 Minutes Australia. Ela criticou o filho e sugeriu que ele está mais interessado no seu dinheiro como o restante da família.

A estrela pop afirmou que os comentários "odiosos" de Jayden estavam enraizados no medo de que suas obrigações financeiras terminassem em breve. "Continuo trabalhando para poder pagar os honorários legais [da minha mãe Lynne Spears] e sua casa", afirmou a cantora, que também compartilha Sean Preston, 17, com o ex-marido Kevin Federline, que participou da entrevista.

"Vocês querem que eu melhore para que eu possa continuar a dar ao seu pai US$ 40 mil (cerca de R$ 207 mil) por mês?" disse a cantora, falando da pensão que paga atualmente. "Ou o raciocínio por trás de vocês decidirem ser odiosos é porque na verdade acaba em dois anos e você não ganha nada?"

Jayden disse que ele e Preston –que não foram ao casamento da mãe em junho com Sam Asghari–não passam mais tempo com a mãe, mas esperam se reunir com ela no futuro quando ela "melhorar mentalmente".

Britney disse a Jayden via Instagram que ela precisa de "amor e apoio incondicional" de sua família, não de comentários depreciativos sobre seu estado mental.

"Me entristece que nenhum de vocês tenha me valorizado como pessoa. Você testemunhou como minha família tem sido para mim e isso é tudo que você sabe. Como eu disse, sinto que todos vocês secretamente gostam de dizer que algo está errado comigo", disse Britney.

A cantora falou ainda sobre a conversa que teve com Jayden antes que ele e Preston decidissem parar de visitá-la. "Eu vou dizer isso. Eu sentei naquela cozinha e te olhei nos olhos, menino lindo, e disse: 'Por que eu não posso mais ver vocês? Ou apenas ver vocês mais? Estou ansiosa para ver vocês semanalmente'", afirmou a cantora. "Você disse: 'Mamãe, isso vai mudar.'"

Britney também culpou seu pai Jamie Spears, 70, por sua dinâmica atual com Jayden e Sean. Jamie implementou a tutela abusiva de quase 13 anos que controlava a vida de sua filha famosa antes de seu término em novembro de 2021. "Honestamente, meu pai precisa ficar preso pelo resto da vida", disse Britney.

Jayden defendeu Jamie na entrevista do 60 Minutes Australia, insistindo que ele tinha os melhores interesses de Britney em mente ao estabelecer o acordo legal restritivo.