Britney Spears dará depoimento cercado de mistério a juiz de Los Angeles

·1 minuto de leitura
Britney Spears durante premiação da MTV em 2016 em Nova York

Por Jill Serjeant

LOS ANGELES (Reuters) - Britney Spears deporá nesta quarta-feira ao juiz de Los Angeles que supervisiona o controle de seus assuntos pessoais e profissionais, um arranjo cada vez mais polêmico de 13 anos durante os quais a estrela pop foi do colapso nervoso ao ressurgimento, mas depois voltou a se recolher.

O que ela dirá, e se seus fãs e a mídia o ouvirão, é objeto de especulações.

A ex-sensação adolescente, hoje com 39 anos, não deve comparecer em pessoa, mas conversar com o juiz por teleconferência. A última vez que Britney o fez foi em maio de 2019, mas o tribunal foi fechado ao público e seu depoimento foi reservado.

Britney está sujeita a uma tutela desde 2008, quando teve um colapso. Um ano depois, ela lançou um disco novo e uma turnê mundial e trabalhou continuamente até o final de 2018. Os detalhes de sua saúde mental nunca foram revelados.

O status da cantora como ícone da cultura pop e o mistério que cerca sua saúde mental concentram a atenção na audiência desta quarta-feira.

"Ela era a queridinha da América... era um pedaço da tradição americana, e sua história e acompanhar seus problemas e sua ressurreição também é parte da história americana", disse Scott Rahn, advogado de Los Angeles especializado em assuntos ligados a trustes e tutelas.

No ano passado, Britney iniciou um processo para impedir que seu pai, Jamie Spears, cuide de seus assuntos pessoais, que vão de seus cuidados médicos até as visitas que ela recebe em sua vila isolada nos arredores de Los Angeles. Ele também está a cargo das finanças da filha.

(Reportagem adicional de Rollo Ross)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos