Britney Spears critica documentários sobre sua vida: 'Distorcem fatos'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Britney Spears credit:Bang Showbiz
Britney Spears credit:Bang Showbiz

Britney Spears questionou a veracidade dos documentários baseados em sua vida pessoal.

A cantora, de 39 anos, teve sua tutela abordada nos longas 'Controlling Britney Spears', 'Framing Britney Spears' e 'Toxic: Britney Spears' Battle for Freedom' nos últimos 12 meses. Embora tenha afirmado que tenta se manter distante das polêmicas que a cercam, a estrela opinou sobre a qualidade do conteúdo das produções.

"É muito louco, pessoal... Assisti a alguns trechos do último documentário e lamento informar, mas muito do que vocês ouviram não é verdade!!!", escreveu a loira em seu Instagram.

"Eu realmente tento me distanciar desse drama!! Em primeiro lugar... porque isso é passado!!! Número dois... a conversa poderia ter mais classe... Número três… uau, eles usaram as filmagens mais lindas que podiam!! O que posso comentar sobre... o ESFORÇO da parte deles", ironizou a eterna Princesinha do Pop.

Os comentários de Britney vieram depois que seu noivo, Sam Asghari, criticou os produtores dos documentários - incluindo o aguardado 'Britney vs. Spears', que será lançado pela Netflix em breve.

"Aparentemente, minha opinião passou a contar agora. Os documentários anteriores deixaram um gosto ruim. Estou esperançoso de que este seja respeitoso. Não culpo a CNN, BBC ou a Netflix [que me ajudaram a enfrentar o período de isolamento social] por exibi-los, porque, como ator, também conto histórias de outras pessoas. Questiono os produtores que os criaram conteúdo "apenas para gerar conscientização", sem consultar ou pedir aprovação ao sujeito dos longas. Qualquer crédito deve ir para [o movimento] #freebritney, escreveu Sam em seus stories.

O ator havia comentado anteriormente que esperava que as empresas não estivessem lucrando em cima de sua noiva.

"Espero que o lucro desses documentários seja direcionado para luta [contra] a injustiça. #freebritney”, comentou Sam na postagem da Netflix sobre o 'Britney vs Spears’.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos