Britney Spears chora e implora a tribunal por fim da tutela do pai

·1 minuto de leitura
Britney Spears durante premiação da MTV em 2016 em Nova York

Por Lisa Richwine

LOS ANGELES (Reuters) - A cantora Britney Spears ganhou nesta quarta-feira o direito de escolher seu próprio advogado para ajudá-la a encerrar a tutela de 13 anos que controla seus assuntos pessoais e profissionais.

Após a decisão, a cantora começou a chorar e implorou novamente para que seu pai, Jamie Spears, seja removido imediatamente do acordo legal.

"Você está permitindo que meu pai arruíne minha vida", disse Britney Spears a um juiz de Los Angeles, por telefone. "Eu tenho que me livrar do meu pai e acusá-lo de abuso de tutela."

Essa foi a segunda vez que a cantora se dirigiu ao tribunal publicamente. No mês passado, a cantora chamou o acordo judicial de abusivo e estúpido em um pronunciamento público de 20 minutos.

Jamie Spears tem desempenhado um papel-chave na tutela desde que esta foi estabelecida, em 2008, quando sua filha teve um colapso mental. Ele é atualmente a única pessoa responsável pelo patrimônio de 60 milhões de dólares da artista.

(Reportagem de Lisa Richwine e Jill Serjeant)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos