Briga entre diretor e produtor explica fiasco de novo 'MIB'

(Imagem: divulgação Sony)

Uma reportagem publicada na última segunda-feira no site do ‘The Hollywood Reporter’ ajuda a entender os bastidores atribulados de ‘MIB - Homens de Preto Internacional’, filme que estreou com desempenho abaixo do esperado nos cinemas.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

A produção arrecadou apenas US$ 28,5 milhões em sua primeiro final de semana nos EUA e foi massacrada pela crítica, com índice de aprovação em 24% no ‘Rotten Tomatoes’. No Brasil, o longa não conseguiu tirar ‘Aladdin’ da liderança e estreou no segundo lugar entre os filmes mais vistos.

Leia também:

De acordo com fontes ouvidas pela publicação, a filmagem foi marcada por uma disputa entre o diretor F. Gary Gray e o produtor Walter Parkes pelo controle criativo.

Inicialmente, o roteiro que atraiu a dupla de protagonistas Chris Hemsworth e Tessa Thompson tinha uma pegada mais atual, relacionando a questão dos aliens com a crise mundial de imigração. Parkes não estava satisfeito com essa abordagem, e pediu para o script ser reescrito de forma contínua, já com as câmeras rodando.

Ainda segundo o ‘The Hollywood Reporter, Hemsorth e Thompson recebiam páginas novas de roteiro diariamente, com a história perdendo muito da essência. Os astros chegaram a contratar outros roteiristas, por conta própria, para trabalhar nos diálogos de seus personagens.

O ambiente caótico ainda teria feito F. Gary Gray quase pedir demissão algumas vezes, mas os executivos da Sony o convenceram a permanecer na função. No final, duas versões foram finalizadas, a de Gray e a de Parkes, com o estúdio escolhendo lançar no cinema essa última.

Um executivo da Sony ouvido pelo site, sob condição de anonimato, reconheceu que “o filme precisava de uma razão maior para existir”. Mesmo assim, ele garante que o fiasco de ‘MIB - Homens de Preto Internacional’ não será o suficiente para enterrar a franquia.

“A ideia de ter aliens andando entre nós é boa. ‘Homens de Preto’ será revisitado em algum momento, seja no formato de série, num streaming ou outro filme”, aposta.