Brendan Fraser diz que obesidade é uma das últimas formas aceitas de preconceito

Brendan Fraser reflete sobre seu papel credit:Bang Showbiz
Brendan Fraser reflete sobre seu papel credit:Bang Showbiz

Brendan Fraser afirmou que a obesidade é uma das últimas formas aceitas de "preconceito e intolerância".

O ator, de 54 anos - que se encontrou com pessoas da Obesity Action Coalition, da Flórida, enquanto se preparava para interpretar Charlie em 'The Whale' - espera que o filme possa ajudar a mudar a maneira como a sociedade vê as pessoas obesas.

Ele disse à revista ‘Empire’: "A obesidade está entre as últimas normas aceitas de preconceito e intolerância que temos em nossa sociedade agora. Acho que [o filme] pode ajudar a mudar o rumo desse diálogo. Pode mudar alguns corações e mentes."

Brendan também refletiu sobre as comparações entre ele e seu personagem, que é um professor de inglês recluso.

"Eu me afastei de Hollywood, do cinema por um tempo porque eu tinha algumas coisas que precisavam ser consertadas. E levou um... exigiu muito mais de mim do que eu estava realmente pronto, mas eu tinha que fazer isso e demorou um pouco."

No entanto, o astro de ‘A Múmia' notou que ele está em um lugar "bom" agora, e ele não atingiu os mesmos pontos baixos de Charlie no filme.

Ele explicou: "A boa notícia é que estou sem dor, me sinto bem. Então... não, não me retirei para um quarto sozinho e me machuquei de alguma forma. Mas... em seus exemplos mais extremos, sim, eu posso ver como Charlie teria alguns problemas."